O ministro do STF Luís Roberto Barroso comprova que nem tudo está perdido, diz leitor

E o presidente do Senado deveria concordar com as operações da PF, completa Osvaldo César Tavares

PF contra Bezerra
Parabéns ao ministro do STF Luís Roberto Barroso, que comprova que nem tudo está perdido e que há ministros da mais alta corte que preservam os ditames da nossa Constituição ("Barroso diz que aval para PF agir contra líder do governo foi técnico e republicano"). É claro que pai e filho se escondem atrás de seus mandatos e pensavam que seus gabinetes fossem indevassáveis. Cabe ao presidente do Senado aquietar-se e concordar com as operações da PF, que não vai contra políticos honestos, mas contra aqueles corruptos.
Osvaldo César Tavares (São Paulo, SP)

Trágica a manifestação do presidente do Senado ao proteger seu amigo ("Alcolumbre critica ação da PF contra líder do governo e diz que Senado questionará STF"). Enquanto isso, aqui fora, o povo passa fome e pede emprego. Nesse caso, o slogan do governo não funcionou, pois Deus não concorda com tudo.
José Pedro Naisser (Curitiba, PR)

Jair Bolsonaro e Davi Alcolumbre - Adriano Machado - 7.set.2019/Reuters

Beijar, dançar e fazer poesia
Não importa quantas vezes nós, adolescentes, falemos de censura, nunca seremos ouvidos. Por isso é importante ter pessoas como Chico César, de 55 anos, nos representando ("Chico César lança álbum politizado e manda recado a Doria, Crivella e Bolsonaro"). As autoridades não percebem, mas nós somos o futuro do país e merecemos ser ouvidos. Dançar, beijar e fazer poesia são formas de quebrar essa muralha de censura. Isso é arte, é expressão. Pessoas como Chico são essenciais para o mundo e merecem ser ouvidas, principalmente por representarem a minoria. 
Mariana Maschietto Lacerda (São Paulo, SP)

-
Chico César lança álbum politizado e manda recado a Doria, Crivella e Bolsonaro - José de Holanda

Procuradoria-geral
Se existe alguém para quem o chavão "já vai tarde" serve de maneira inequívoca é Raquel Dodge. Segurou tudo o que podia, deixou muita coisa perder o prazo e, depois de tentar escandalosamente namorar o governo, saiu atirando ao ser repelida.
Ulysses Fernandes Nunes Júnior (São Paulo, SP)

A ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge - José Cruz - 18.set.2019/Agência Brasil


Mishellý Luz
Completamente impactada pelo texto "Transexual, uniu a Santa Cecília na vida e na morte", Cotidiano, 20/9). Obrigada por darem atenção ao tema. Obrigada por essa voz. Também deve haver pessoas escrevendo contra a homenagem. Mas, se houver, não se abalem, contamos com vocês.
Beatriz Zanon (São Paulo, SP)

Torcendo para que a expectativa de vida das pessoas trans se iguale à de todas as outras --que também não fizerem um x no quadradinho da vida "escolhendo" ser quem são.
Heidi C. M. F. de Oliveira (São Paulo, SP)

Mishellý, a estrela de Santa Cecília, era a essência da generosidade e da compaixão. E não há valor maior que esses. Sempre fui abençoada por ela quando nos encontrávamos. Ela realmente se importava com a comunidade. Está difícil passar pela alameda Barros e pela rua Frederico Abranches, que eram o seu lugarzinho. Parece que ela está no ar.
Simei Morais (São Paulo, SP)

A trans Mishellý Luz
A trans Mishellý Luz - Arquivo pessoal


Bolsonaro
Mariliz Pereira Jorge está certa ("Intolerância aos intolerantes", Opinião, 19/9). Bolsonaro, seus filhos e a militância bolsonarista só conhecem o discurso do ódio. E, o que é pior, ódio que contamina a sociedade. Intolerante, rancoroso, com traços nitidamente fascistoides, Bolsonaro tende a piorar à medida que os crédulos atuais passem a vê-lo como ele realmente é e comecem a retirar o apoio às suas tolices e ao seu discurso de ódio.
Elisabeto Ribeiro Gonçalves (Belo Horizonte, MG)


Fundo eleitoral
"Câmara autoriza verba pública eleitoral para compra de helicóptero a carro de luxo". O Brasil sem Congresso estaria bem melhor. Aos 75 anos, nunca vi tanto descalabro, tanta corrupção e tanta falta de pudor com o dinheiro do povo. Aos trancos e barrancos, estávamos melhor com os militares. Não consigo mais nem ler jornal com tanta notícia sobre roubalheira e sobre corrupção.
Arthur da Silva Costa (Salvador, BA)


Rio Tietê
O Projeto Tietê consumiu US$ 3 bilhões desde 1992, com resultado pífio. Mas nada de investigação, Lava Jato, Polícia Federal, Tribunal de Contas etc. Curioso isso.
Luiz Gornstein (São Paulo, SP)

0
Trecho do rio Tietê, na altura do Cebolão, em São Paulo - Rubens Cavallari - 18.set.2019/Folhapress

Athletico
Parabenizo o Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, reflexo de administração profissional, planejamento e investimento de forma responsável.
Carlos Carmelo Balaró (São Paulo, SP)

Jogadores do Athletico-PR festejam a conquista da Copa do Brasil - Diego Vara - 18.set.2019/Reuters

PARTICIPAÇÃO

Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@grupofolha.com.br.​​​

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.