Leitor questiona demora de ações do governo na questão do coronavírus

Ministério sobe nível de alerta após investigação de três casos de suspeita

Coronavírus

O Ministério da Saúde desaconselha viagens à China agora, com mais de 120 casos de suspeita ("Brasil investiga três casos de suspeita de coronavírus, e ministério sobe nível de alerta")? Quanto tempo mais vai demorar para tomar outras medidas que os EUA tomam desde o início da epidemia?

Rodrigo Oliveira Gomes Fernandes (São Paulo, SP)

Chega a espantar a incrível semelhança entre a sucessão de eventos ligados à possível pandemia originária da China e a trama e detalhes do filme "Contágio" (2011), de Steven Soderbergh. Diferentemente de outros thrillers sanitaristas, que chegam até a apelar para zumbis, a história de "Contágio", além de verossímil, mostra-se bem fiel ao o mundo globalizado em que vivemos. Coincidências assim levam a pensar que a realidade muitas vezes nada fica nada a dever à ficção.

Luciano Ladeia Prates (Governador Valadares, MG)

Matt Damon em cena de 'Contágio', de Steven Soderbergh - Divulgação

O Brasil não está nem nunca esteve preparado para uma epidemia.

Francisco José Silva (São Paulo, SP)

Sobre a reportagem "O relato de uma brasileira confinada em Wuhan, epicentro do coronavírus: 'É como uma prisão domiciliar'", é a melhor medida mesmo. Para si e para todas as pessoas. É pensar em comunidade.

Rodolfo Maia (São Paulo, SP)


Jato da FAB

A lambança foi tão estrepitosa, e Jair Bolsonaro, diferentemente do normal, se saiu tão bem na foto, que dá para desconfiar que "levantaram a bola" para o presidente "falar" para sua tribo ("Assessor do Planalto usa jato da FAB para voo exclusivo à Índia e é afastado por Bolsonaro").

Ayer Campos (Brasília, DF)

Em agosto de 2019, o presidente Jair Bolsonaro entrega Medalha do Pacificador a Vicente Santini - Reprodução/Twitter

Engole vários elefantes indigestos e se diz indignado com um mosquitinho irrelevante. Deve ser para dizer que acabou a mamata, que acontece e é solenemente ignorada em níveis bem mais relevantes.

Luís Cruz (Salvador, BA)


Sacrifício animal

Li incrédula o que entendi como a glamorização da crueldade com um animal ("Matança de porcos guiada por chef nos aproxima daquilo que comemos"). É muito importante entendermos o processo que faz a carne chegar à gôndola. Essa desalienação é mais do que necessária. Porém penso que seria muito mais importante usarmos isso contra a banalização (agora glamorização?) da violência inserida nesse processo. Prefiro conectar-me com a vida.

Gigli Testoni (Canoas, RS)

A vida é, de fato, um somatório de experiências daquilo que nos fora ensinado e vivenciado. Cresci em uma propriedade rural, onde bovinos e suínos eram abatidos corriqueiramente. Não tenho essa visão dramatizada e poética do autor. Para mim, trata-se de fato de mais um dia no campo, um afazer necessário para alimentar a família. Salame, morcela, carne para o churrasco. Presenciei e ajudei no abate de dezenas de animais, sem qualquer crueldade.

Eduardo Zanferari (Concórdia, SC)

Todo apreciador de churrasco e similares deveria receber um facão e ser levado frente a frente com sua futura comida. Preferivelmente um cabritinho de seis meses.

Maurizio Ferrante (São Carlos, SP)


Enem

Sabotagem ("Bolsonaro diz que situação do Enem é complicada e fala em sabotagem")? Não, sr. presidente. É inaptidão, incapacidade e irresponsabilidade do seu ministro da Educação e de todos os que ocuparam cargo no ministério e estão mais preocupados com uma guerra ideológica e mania de perseguição.

Ignez Faria (Fartura, SP)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub - Pedro Ladeira - 11.dez.19/Folhapress

O sabotador todos sabem quem é: o incompetente Abraham Weintraub, que é péssimo administrador, não entende nada da área e ainda por cima é um ser humano problemático e cheio de recalques. Daqui a pouco, o ministro vai dizer que a solução é acabar com o Enem, o Sisu, o Prouni, pois são coisas de esquerdistas, petistas e comunistas.

Maria Isabel Martinez Pons (Brasília, DF)

Sobre o editorial "Mais um fiasco", o desmonte da educação no Brasil é um projeto deste governo. Nada ocorre por acaso ou somente por incompetência. Há muito mais.

Dea Maria Kowalski (Curitiba, PR)


USP

A reportagem "Número de professores que pedem demissão da USP dispara"  mostra uma das principais razões de as universidades estaduais paulistas solicitarem ao STF a equiparação do teto salarial dos docentes dessas instituições ao das federais. Só a USP é responsável por 25% dos artigos publicados em revistas científicas internacionais. Numa época em que a ciência e a tecnologia são fundamentais para o desenvolvimento do país, é urgente estimular a permanência de pesquisadores no Brasil.

Luiz Roberto Serrano, superintendente de Comunicação Social da USP


Colunistas

O colunista João Pereira Coutinho admite sua pequenez ao revelar seu ódio ao discurso revolucionário de uma adolescente ("Os anjos pornográficos"). Preservamos o planeta por entender que todos dependemos dele e por compreender a magnitude e beleza de sua complexidade. Deixar-se levar por ódio ao discurso de meia dúzia é admitir todos os argumentos usados pelo próprio autor. Talvez Greta Thunberg esteja certa.

Patricia Capelari de Oliveira (São Paulo, SP)

Ilustração de homem remando em barquinho; no seu entorno, mancha pretas e vermelhas
Angelo Abu

Mais um texto genial desse portuga tão amado pelos leitores liberais (os autênticos) da Folha. Foi na mosca.

Aimar Matos (Brasília, DF)

Por que Greta Thunberg faz com que os tiozões como Trump, Bolsonaro e João Pereira Coutinho saiam do sério e destilem ódio contra a adolescente? É porque ela coloca o dedo na ferida: no fundo, eles sabem que ela está certa. O difícil é cada um admitir sua parcela de culpa na destruição do planeta.

Adjalma Rodrigues da Silva (Belo Horizonte, MG)

Concordo com Hélio Schwartsman: Benedito Guimarães Aguiar Neto não tem o direito de tentar impor as suas crenças e os seus dogmas na Capes ("De volta ao século 13"). O imponderável e o improvável que sempre geraram dúvidas não podem ser institucionalizados. Podem, porém, ser discutidos nos grupos de interessados. O Brasil é um país laico. Muitos não têm o menor interesse no design inteligente de Aguiar.

Ricardo Pedreira Desio (São Paulo, SP)


Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@grupofolha.com.br​​. ​  ​

Erramos: o texto foi alterado

A cidade de Curitiba fica no estado do Paraná, e não no Pará, como estava na sigla que acompanhou a assinatura da carta da leitora Dea Maria Kowalski.  

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.