'Que tristeza ver animais morrendo queimados', diz leitor

Leitores comentam artigo de Reinaldo Azevedo

Incêndios
"Fazendeiro perde 6.000 hectares no Pantanal, mas defende queimadas" (Ambiente, 25/9). Que tristeza ver imagens dos animais morrendo queimados. Sem falar dos que sobreviveram mas que agora n√£o t√™m alimento. Inacredit√°vel a gan√Ęncia e a perversidade humana. Duvido que algum fazendeiro v√° ser preso por esses crimes, tampouco o ministro do Meio Ambiente
Eliane Freitas (S√£o Paulo, SP)

Fogo destrói vegetação ao redor da cachoeira do rio Mutum, em Santo Antonio de Leverger - Lalo de Almeida/ Folhapress

Pois é, seu Pedro, as queimadas podem até ter feito algum sentido um dia, mas agora, como se vê, não fazem mais. O calor é maior, a secura é maior e há bem menos água --foi o senhor mesmo quem disse. Então o método de queimar o solo tem de ser trocado por outro, mais seguro e mais eficaz. Aliás, no ano que vem talvez nem haja o que queimar.
José Fernando Marques (Brasília, DF)


O futuro √© um pr√©dio com temperatura, umidade e ilumina√ß√£o artificial controladas, produzindo alimentos e tendo toda a sua energia produzida por placas solares e toda a sua √°gua reciclada. Enquanto o Brasil destr√≥i e queima o seu patrim√īnio, os outros pa√≠ses investem em tecnologia e ir√£o produzir em um arranha-c√©u mais comida do que uma pequena cidade brasileira.
Maurício Serra (Cidade Ocidental, GO)

*

Enquanto o mundo desenvolvido produz cada vez mais com menos terras, nós continuamos no passado e precisamos a cada dia de mais terras, numa marcha célere para o abismo. Quando vamos aprender? Quando já não mais de nada servirá agir?
José Padilha Siqueira Neto (São Paulo, SP)


Democracia
"O povo e as elites contra a democracia" (Reinaldo Azevedo, Poder, 25/9). O rapaz faz acrobacias com saltos duplos carpados e piruetas reversas para lavar as m√£os do seu auxilio luxuoso para que o filhote da ditadura, ali√°s, o bin√īmio de filhotes da ditadura, o ex-capit√£o e o ex-general, juntos, subissem a rampa de acesso ao Alvorada e ao Jaburu. N√£o s√≥ a√ßulou a histeria farisaica supostamente moralista como relativizou a escalada da extrema direita.
Alberto A. Neto (Fortaleza, CE)

*

Reinaldo Azevedo √© um fen√īmeno raro na cr√īnica pol√≠tica do pa√≠s. Sua agressividade latente faz com que ele pare√ßa errado at√© quando est√° certo.
José Renato Monteiro (São Paulo, SP)

Perfeita a an√°lise do articulista Reinaldo Azevedo. A democracia n√£o √© apenas elei√ß√Ķes. √Č uma constru√ß√£o que se faz ao longo de muito tempo. Da√≠ vem o valor das institui√ß√Ķes, que v√£o agregando cultura e norma em defesa da coletividade --at√© para proteg√™-la de si mesma quando se equivoca terrivelmente.
Nelson Oliveira (Brasília, DF)


N√£o conduzo, sou conduzido
Em meio √† pandemia, o governo chin√™s anunciou aumento de 12,5% no investimento em pesquisa e desenvolvimento em rela√ß√£o a 2019. Em S√£o Paulo, o governador enviou √† Assembleia o PL 529/2020, que prop√Ķe o confisco de recursos destinados √† ci√™ncia, em n√≠tida viola√ß√£o √† constitui√ß√£o. A China j√° criou duas vacinas, em testes desde julho. S√£o Paulo produzir√° uma dessas vacinas. Aos l√≠deres chineses e a muitos outros mundo afora, se aplica o lema da cidade de S√£o Paulo: "Non ducor, duco". Ao ocupante do Pal√°cio dos Bandeirantes, resta posar com a vacina chinesa nas m√£os.
Hamilton Varela, professor titular do Instituto de Química da USP (São Carlos, SP)


Elei√ß√Ķes 2020
"
1 em 5 moradores da cidade de S√£o Paulo admite n√£o votar por medo do coronav√≠rus, mostra Datafolha" (Poder, 26/9). Que se invistam os gastos das elei√ß√Ķes nas estruturas e na seguran√ßa das escolas p√ļblicas. Muito mais importante do que investir nos futuros pretensos investigados por corrup√ß√£o √© garantir o futuro do pa√≠s com educa√ß√£o. Assim como o v√≠rus, os mal intencionados s√≥ mostram o estrago a ser feito depois da posse. A elei√ß√£o pode esperar, a educa√ß√£o n√£o.
Washington de Lima (Belo Horizonte, MG)

*

Com 147,9 milh√Ķes de eleitores, certamente haver√° aglomera√ß√Ķes nas elei√ß√Ķes municipais. E muitos deixar√£o de votar por precau√ß√£o, pois nenhum rosto denuncia que carrega o v√≠rus. Se √© temeridade abrir, mesmo parcialmente, a frequ√™ncia do p√ļblico a eventos esportivos, maior temeridade √© querer que muitas pessoas se aglomerem nas se√ß√Ķes eleitorais para votar.
Ant√īnio Ad√©lio Belmonte Ferreira de Carvalho (Bel√©m, PA)

*

O que importa √© preservar vidas, o resto se resolve depois. N√£o h√° novas evid√™ncias cient√≠ficas e, se voc√™ for votar, mesmo sendo jovem, pode se contaminar e depois contaminar os idosos que convivem com voc√™. N√£o teremos vacina antes das vota√ß√Ķes, os locais de vota√ß√£o s√£o fechados, haver√° muita gente pr√≥xima e os mes√°rios, por exemplo, podem vir a ser vetores de prolifera√ß√£o do v√≠rus entre as pessoas.
Marcelo Citrangulo (Campinas, SP)


Candidatos 'furta cor'
"Ao menos 21 mil candidatos mudaram declaração de cor para eleição de 2020" (Poder, 25/9). O STF tem a obrigação não só de barrar a troca de cor de candidatos mas, sobretudo, de torná-los inelegíveis. Isso é fraude, é crime. Permitir que essas pessoas concorram será a consagração da ilicitude e do descompromisso do candidato com o cargo que pretende exercer.
Lafayette Pondé Filho (Salvador, BA)

Professores
Professores, uni-vos! Vamos mostrar nas urnas a esse descarado pastor e a seu ac√≥lito-mor que somos um rebanho √ļtil √† sociedade. J√° que "ser professor √© n√£o ter conseguido ser outra coisa na vida", damos gra√ßas, com certeza, por sermos professores. Fazer do aluno um ser cada dia mais atuante e pensante para que saiba escolher melhor pessoas decentes em quem votar √©, e sempre ser√°, nosso escopo. Esse Milton Ribeiro escracha o MEC ao atacar os professores. A cada dia enterra diretos do povo. √Č o caos.
Mariza Bacci Zago (Atibaia, SP)


A√ß√Ķes afirmativas
"Ambev quer elevar presença de profissionais negros entre seus fornecedores" (Painel S.A., 26/9). E os indígenas? Povo perseguido e massacrado desde 1500, após os irmãos Villas-Boas, ninguém mais os defende.
Marcos Fernando Dauner (Joinville, SC)

Coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.