Descrição de chapéu stf

Bolsonaro precisa urgentemente de psiquiatra, diz leitor

Fala sobre a vacina é alvo de muitas críticas

Vacina
"Bolsonaro fala em traição e diz que não vai comprar vacina chinesa" (Saúde, 21/10). Bolsonaro necessita urgentemente de um psiquiatra. Esse senhor é um psicopata... e se diz cristão e evangélico.
José Correia de Andrade Filho (Recife, PE)

Seria "lindo" se a China deixasse de comprar carne e soja deste paiseco de quinta categoria em que o Brasil se transformou nas mãos do Jair e dos militares.
José Bello (Osasco, SP)

*

O presidente Jair Bolsonaro - Zanone Fraissat-21.out.20/Folhapress

Com um presidente como o que temos, não precisamos de pandemia nem de qualquer fato externo para afundar o país.
Rubens R. C. Scardua (Mogi Guaçu, SP)

*

É um absurdo que, em meio a uma pandemia que já infectou milhões de brasileiros e que já ceifou milhares de vida, dois políticos, o presidente da República e o governador do estado de São Paulo, coloquem seus egos e suas ambições eleitoreiras acima de tudo e de todos. Discutem sobre o que fazer com vacinas que nem mesmo foram cientificamente certificadas e ainda não existem. É provável que o objetivo principal da querela seja desviar a atenção dos eleitores para que não questionem situações obscuras e nada republicanas de ambos em passado recente.
Carlos Gonçalves de Faria (São Paulo, SP)

*

Muito tem me incomodado o constante uso da expressão "vacina chinesa" para se referir à vacina em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. Apenas no alto da página da Folha na internet na tarde desta quarta-feira (21) havia três menções ao termo. Mesquinharias políticas à parte, o fato é que o Brasil é peça fundamental na produção da Coronavac. É muito triste que se refiram a ela apenas como "vacina chinesa". O complexo de vira-lata ataca novamente.
Carlos Augusto de Oliveira (São Paulo, SP)

Charge de Iotti - Iotti


O capitão Cloroquina desautoriza e desmoraliza o general da Saúde, que está doente com a Covid-19. Mais um ministro da Saúde na prancha da nau dos insensatos a ser lançado ao mar! No Brasil que tem Bolsonaro, a realidade supera a mais delirante ficção política. Bolsonaro ignorou a pandemia do coronavírus e agora é contra a vacinação. Trata-se de um genocida compulsivo.
Paulo Arisi (Porto Alegre, RS)

*

"Deverá ser COMPROVADA CIENTIFICAMENTE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE e CERTIFICADA PELA ANVISA" e "o povo brasileiro NÃO SERÁ COBAIA DE NINGUÉM". Jair Bolsonaro fez essas afirmações a respeito da cloroquina, cuja aplicação contra a Covid não tem comprovação científica, ou da vacina Coronavac, que está no último estágio de testes?
Paulo Bittar (São Paulo, SP)

*

A esquerda toma vacina, e a direita toma cloroquina, tá ok?
José Marcos Thalenberg (São Paulo, SP)

*

A perversidade de Jair Bolsonaro não tem limite. Agora a ordem é não comprar a vacina chinesa por estar vinculada à figura de um adversário político. Até quando o Brasil será destruído pela insanidade de um louco no poder?
Antônio Beethoven Cunha de Melo (São Paulo, SP)

*

Será que o ministro Pazuello vai pedir hidroxicloroquina sem comprovação científica para "curar-se" da Covid-19? Espero que ele sinta na pele (e nos pulmões) os efeitos da doença para convencer-se da importância da vacina. Que se volte contra seu mestre, pelo bem do Brasil!
Wagner Nobuo Hanaoka (São Paulo, SP)


STF
Sabatina por sabatina, que tal aplicar aos indicados ao Supremo Tribunal Federal uma prova de português puxada como as que são feitas nos vestibulares? Parece que a quase totalidade dos ministros daquela corte têm imensa dificuldade para interpretar e para assimilar o que leem na Constituição da República e na legislação em geral, por mais claro que seja o texto. A proposta é: bombou no teste, dançou. É isso ou vamos ter de desenhar para eles?
Celso Balloti (São Paulo, SP)


"Por 57 a 10, Senado aprova Kassio Nunes, primeiro indicado de Bolsonaro, para vaga no Supremo" (Poder, 21/10). Inconsistências no seu currículo e não sabe o que a própria mulher faz? Mais um sem-vergonha?
Vanderlei Nogueira (Itapecerica da Serra, SP)

*

Jair Bolsonaro é mesmo sortudo. Achou um ministro fiel a ele com muita rapidez. Coisa de Deus, não é?
Onildo Rodrigues de Meireles (João Pessoa, PB)

*

"Kassio evita responder sobre a Lava Jato em sabatina e se alinha a Bolsonaro contra o aborto" (Poder, 21/10). Um ministro do Supremo que mente no currículo. Um Senado que não se incomoda com isso. E esse senhor vai julgar a todos nós, que somos cidadãos honestos. Com qual moral? Nenhuma. Nenhuma legitimidade. Brasil, escória do mundo.
Ana Paula Gomes (Rio de Janeiro, RJ)

*

Executivo, Legislativo, Judiciário e Forças Armadas, todos fazem o jogo da burguesia. Ao povo as migalhas.
Jair R. Maria Maria (São Paulo, SP)


Ainda a cueca
O Senado mais uma vez falta ao povo brasileiro e nos faz de idiotas. Licença de 120 dias?! O que é isto? O cidadão é culpado. Roubou o povo em período de pandemia. Talvez o que se perdeu com o roubo não faça falta aos seus pares no Senado, porque nós, a contragosto, lhes pagamos bons hospitais. Mas e quem deixou de ser atendido devido aos desvios praticados por esse crápula? São eleitores e contribuintes também. Devemos trocar todos os senadores, pois agem com espírito de corporação, coisa que o Senado não é, e se alinham em conduta ao senhor Chico Rodrigues. É o que farei. Não reelegerei meu representante no Senado.
Mário Sérgio Guidio Salzstein (São Paulo, SP)

*

Vai ficar tudo bem com o senador que ocultou mortes entre as suas nobres nádegas... Assim como ficou tudo bem com o senador Flávio Bolsonaro e suas trapalhadas, com a Dona Michelle, com a família toda, com a negação de vacinas. Vai ficar tudo bem com todos. Quando o memorável senador Jucá lacrou o famoso "com o Supremo, com tudo", sabia que falava de princípios organizadores da República.
Clarilton Ribas (Florianópolis, SC)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.