Descrição de chapéu STF

Leitor elogia charge de Montanaro

Decisão de Fachin sobre Lula é tema de comentários

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Montanaro

Charge em três quadros, no primeiro Jair Bolsonaro diz "Vai comprar vacina na casa da sua mãe!". No segundo um chinelo o atinge por trás, "pimba!". No terceiro, uma senhora na frente de sua casa diz, "Me respeita, moleque"
Charge de João Montanaro publicada em 7 de março


A divertida charge de Montanaro parece dizer: minha casa, minhas regras, minha vida. Moleque, cresçae apareça. E o chinelo drone, além de ter direção certeira, mostrou que vai bem mais além do que agredir baratas
José Roberto Machado (São Paulo, SP)


Lula
"Fachin anula condenações de Lula na Lava Jato, e petista retoma direitos eleitorais" (Poder, 8/3). Finalmente se faz justiça! Quem reparará os 580 dias em que o presidente esteve na cadeia injustamente? Moro e Dallagnol estão com a palavra, se é que ainda têm coragem e vergonha na cara de vir a público.
Maurice Politi (São Paulo, SP)

Sem bravata e apenas cuidando do seu ofício, o ministro Fachin dá um troco mais que merecido aos comandantes militares: ao sapateiro não cabe ir além dos seus chinelos.
Ademar Feiteiro (São Paulo, SP)

Moro incompetente! Disso todo mundo já sabia. Fachin está parecendo marido traído.
Dirceu Alves da Mota (Natal, RN)

Agora Lula tem que reforçar sua segurança, porque tem muito psicopata à solta.
Gutemberg José da Costa Marques Cabral (João Pessoa, PB)


O Fachin vaza-jatista pensa que a defesa de Lula é boba. Ele quer na verdade é livrar a cara de Moro e de sua gangue de Curitiba. Moro tem que continuar sendo julgado.
Geraldo Magela Sobrinho (Belo Horizonte, MG)

Todo meu agradecimento a Walter Delgatti, o hacker que colocou luz sobre o mais fraudulento e imparcial processo jurídico político do país. O STF está tentando com isso salvar o que restou da Justiça brasileira.
Isabele Haruna Ono Zamaro (Joinville, SC)

Ainda acho que Lula recebeu vantagens indevidas, mas, enfim, o que vale é a palavra da Justiça. Mas, mesmo com os direitos políticos restaurados, será que o povo brasileiro ainda tem mentalidade e desejo para reeleger esse homem? Acho que a era Lula já passou.
Klaus Serra (Brasília, DF)

Como deixaram tudo isso acontecer? Moro e os procuradores pagarão por seus atos criminosos? Não gosto do Lula, mas reconheço que foi preso injustamente. Espero que em 2022 os brasileiros fujam de Bolsonaro e Lula.
Raul Gonçalves de Neto (São Paulo, SP)

Melanie Farkas

"Psicanalista pioneira, era a melhor amiga se poderia ter" (Saúde, 8/3). Durante os anos mais difíceis da ditadura, a casa de Thomaz e Melanie Farkas era um acolhedor ninho de liberdade, desfrutado por várias gerações simultâneas. Ali, falava-se e vivia-se a política, a cultura, a liberdade existencial e a alegria. Melanie era o grande elo entre filósofos, sociólogos, escritores, poetas... Jamais fez proselitismo de sua atividade de cuidadora da saúde mental pública. Lá se vai uma grande mulher.
Matinas Suzuki Jr. (São Paulo, SP)


Bolsonaro


É impressionante como o brasileiro está devagar com esse genocídio que o presidente está promovendo. Por muito menos o povo se uniu para tirar Dilma, prender Lula e outras coisas. Esse presidente insano precisa passar por um teste de sanidade mental.
José Nunes Dantas de Jesus (São Paulo, SP)


Viver e morrer
"Paulistas vivem e morrem sob a maldição do BolsoDoria" (Poder, 8/3). Parabéns a Eugênio Bucci e Hamilton Varela pelo artigo! O pobre povo paulista fica imprensado entre um lorpa desumano na Presidência e um marqueteiro oportunista no governo do estado!
Carlos Eduardo Andrade Tardivo (São Paulo, SP)


Simplesmente lamentável o artigo de Eugênio Bucci e Hamilton Varela. Como a maioria do eleitorado brasileiro, Doria caiu no canto da sereia de Bolsonaro graças aos desmandos do PT. Mudou de opinião. Os dois articulistas se esquecem de que, não fosse Doria, não teríamos vacinas. Equiparar Doria a Bolsonaro chega às raias da insensatez.
Maria Lúcia de Carvalho Monteiro (São Paulo, SP)


Greve
Sou professor da rede municipal de São Paulo, categoria que está em greve desde 10 de fevereiro. Nossa luta é para que todos os professores tenham condições de trabalhar de forma remota diante da pandemia. Como leitor do jornal, fico assustado ao perceber como a Folha ignora essa greve. Quantas são as escolas e os professores parados? Por que não falar dos atos e carreatas que estão acontecendo semanalmente? Quais são os argumentos da prefeitura e dos sindicatos?
Danilo Chaves Nakamura (São Paulo, SP)


Assédio na Alesp
Inacreditável o corporativismo dentro da Alesp. Esse deputado deveria para ser exemplarmente punido. Se fez apalpação em ambiente público e filmado, imagine o que realiza nos corredores e gabinetes?
Wilton Bertanha (Cerquilho, SP)

0
Vídeo mostra deputado Fernando Cury passando a mão no seio da deputada Isa Penna durante sessão da Alesp - Reprodução

Folha, 100
Os vereadores da Câmara Municipal de São Caetano do Sul enviam congratulações à Folha pelo aniversario de 100 anos de fundação.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.