Descrição de chapéu América Latina

Que resposta você daria à declaração de Fernández de que brasileiro veio da selva?

Participe de interação da Folha

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

INTERAÇÃO ENCERRADA

Em encontro na manhã desta quarta (9) com o premiê da Espanha, Pedro Sánchez, em Buenos Aires, o presidente argentino, Alberto Fernández, disse que "os mexicanos vieram dos indígenas, os brasileiros, da selva, e nós, chegamos em barcos [da Europa]". Depois, referendou: "O meu [sobrenome] Fernández é uma prova disso".

O líder argentino acreditava fazer menção a uma frase incorretamente atribuída ao escritor mexicano Octavio Paz (1914-1998), Nobel de literatura em 1990, em que ele teria discorrido sobre a raiz asteca dos mexicanos e a origem inca dos peruanos. Fernández confundiu-se, e a frase é parte de uma canção do compositor Litto Nebbia.

Veja o vídeo:

A frase racista revela um traço cultural profundo que minimiza ou mesmo nega a raiz mestiça da população argentina, pensamento presente desde o século 19 entre intelectuais e governantes importantes.

Após a repercussão, o presidente argentino publicou uma mensagem no Twitter na qual diz que "nossa diversidade é um orgulho" e pediu desculpas "a quem tenha se sentido ofendido ou invibilizado".

Nas redes sociais no Brasil, a reação foi imediata. "Cretinice preconceituosa implícita", escreveu um usuário.

Vale lembrar que Brasil e Argentina são grandes parceiros comerciais e o fluxo de turistas (antes da pandemia) entre os dois países também é considerável, embora exista uma rivalidade esportiva que muitas vezes é transposta de forma negativa para a sociedade.

Dito isso, se você estivesse em Buenos Aires nesta manhã ao lado de Fernández e do premiê da Espanha, o que diria em resposta ao presidente argentino? Que conselho daria ao líder vizinho? Mande um email para enviesuanoticia@grupofolha.com.br. Si eres hispanohablante, puedes escribir en tu lengua materna.

Não se esqueça de informar seu nome, idade, profissão e cidade. Publicaremos as melhores respostas —que não incluem, óbvio, palavrões nem termos ofensivos, chulos, racistas e preconceituosos.

A Folha agradece a participação de todos!

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, após entrevista coletiva ao lado do premiê da Espanha, Pedro Sánchez
O presidente da Argentina, Alberto Fernández, após entrevista coletiva ao lado do premiê da Espanha, Pedro Sánchez - Juan Mabromata/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.