Descrição de chapéu STF

'Impossível é conviver com esse ministro', diz leitor sobre Milton Ribeiro

'Esse sertanejo fanfarrão vai ver a cor da chita', diz leitor sobre Sérgio Reis

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Convívio
Não é impossível conviver com criança com certo grau de deficiência. Impossível é conviver com esse ministro da Educação e com Bolsonaro.
Alexandre Giardini Fusco (São Paulo, SP)


Bem aos 100
A seção "Como chegar bem aos 100", com curadoria do doutor Alexandre Kalache, sempre traz artigos pertinentes às demandas da população idosa. Após ler o texto "Lute para que sua voz seja ouvida", resolvi me manifestar em apoio à sua corajosa atitude de recusar o convite do atual CNDI. Este governo finge que protege os direitos dos idosos, mas somos desrespeitados na inoperância de um conselho sem representatividade nenhuma, forjado numa atitude antidemocrática. Parabéns ao doutor Kalache. Ele, sim, nos representa.
Sérgio Márcio Pacheco Paschoal, médico geriatra (São Paulo, SP)


Sem vaquinha
"Moraes bloqueia vaquinha para ato de 7 de Setembro e proíbe investigados de chegar perto do STF" (Painel, 20/8). Sete de Setembro, nada a comemorar. Quase 600 mil pessoas já morreram por culpa deste governo. Se eu for a algum ato no Sete de Setembro, irei de preto, de luto.
João Batista de Souza (Belo Horizonte, MG)

Quem ameaça a justiça e a democracia só tem um lugar... Cadeia nos golpistas!

Fernando Cândido de Oliveira Filho

Campinas, SP


O STF é o Talibã do Brasil... Estamos todos imersos em densas trevas.
Marcos Cavalcante Uchôa (Três Lagoas, MS)

Parabéns, ministro! Força, Supremo! Só vocês podem garantir que nossa República, ainda democrática, sobreviva a estes tempos nebulosos, quando o Legislativo se exime de agir conforme a Constituição.
Ivan Bastos (Nova Friburgo, RJ)


PF e Sérgio Reis
"PF faz buscas em endereços do cantor Sérgio Reis e de deputado bolsonarista" (Poder, 20/8). Que ninguém se iluda. A Procuradoria agiu nesse caso somente porque Aras tem sabatina no Senado na próxima semana. Além disso, foi Lindôra Araújo, bolsonarista raiz, quem pediu ao STF a realização das diligências contra Sérgio Reis e os arruaceiros que o acompanham. Então não ficarei surpreso quando, no andamento do inquérito, ela ou Aras pedirem o arquivamento, livrando a cara desses celerados.
João Ramos de Souza (São Paulo, SP)

Essa é a prova de que não se deve esperar que o cúmplice do governo Bolsonaro, Augusto Aras, cumpra o que a Constituição exige --a não ser que seja pressionado.

Reinaldo da Silva

Nova Friburgo, RJ



É por aí: ajoelhou tem que rezar. A Justiça tem suas falhas, mas ela existe. Esse sertanejo fanfarrão vai ver a cor da chita.
Robson Simões (Camaragibe, PE)

Olha só a biografia do jogador de basquete meia boca que virou cantor meia boca da jovem guarda e virou cantor sertanejo de boa qualidade e aí virou político e estragou toda a sua trajetória de vida.
Jane Tadeu Silva (Aracaju, SE)


Desconfiança
"Desconfiança cresce e mercado já começa a falar em desembarque do governo Bolsonaro" (Mercado, 20/8). Esse "mercado", que nada mais é do que a elite milionária que nada produz e só explora e especula, foi quem ajudou a colocar esse louco no poder. Agora que aguentem as consequências.
Irene Regina Pedroso Ferreira (Rio Grande, RS)


STF
"Bolsonaro entra com ação no STF para proibir corte de abrir inquérito sem aval do Ministério Público" (Poder, 20/8). Se fôssemos esperar que o PGR agisse, estaríamos vivendo no Estado de Exceção Bolsonarista, porque ele é cúmplice dos interesses do governo. A democracia é um sistema com contradições que corroem as estruturas na qual ela se apoia, abrindo caminho para sub-levações de grupos que lutam para a derrubar as suas instituições. O STF entendeu isso e agiu. Sua neutralidade seria inconcebível. Entre exceção jurídica contra exceção golpista, prefiro a primeira. É luta política em defesa da democracia.
Reinaldo da Silva (Rio de Janeiro, RJ)

Bolsonaro está mostrando que é o mestre dos crimes. Entra com ação no STF com pedido liminar para que não se abra inquérito para ser investigado sem o aval do amiguinho. E este permanece inerte, por cegueira seletiva favorável a Bolsonaro. É o ápice daquela premissa que diz: quem não deve não teme, mas quem deve teme muito.
Alberto Kiess (Rio de Janeiro, RJ)

Ah, entendi o que ele quer: ele quer garantir que o Supremo Tribunal Federal fique engessado, sem o parecer do procurador-geral da República que ele quer reconduzir ao cargo (ou qualquer outro que ele escolha). Enfim, quer impedir um inquérito ex-officium e impedir, por via indireta, outras providências que seriam cabíveis com a existência do inquérito, como mandados e liminares urgentes, para evitar prejuízo na obtenção de provas ou garantia da ordem pública. Faz isso esperando pela boa vontade do PGR, como ocorre hoje. Tem outra saída?
Marcelo Augusto Pilar (Manaus, AM)


Masp
Como ex-assistentes de Pietro Maria Bardi durante seus anos à frente do Masp, junto com o conselho do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, felicitamos a Folha pela reportagem "Conheça o projeto do novo prédio do Masp na Paulista", sobre o Masp ter decidido dar o nome dos fundadores de nossa entidade aos dois prédios que abrigarão a fantástica coleção do museu. Justa e merecida homenagem.
Eugênia Gorini Esmeraldo e Anna Carboncini Masini, conselheiras do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi (São Paulo, SP)

Foto mostra o Masp ladeado por um edifício que já existe na av. Paulista e, no outro extremo, o novo anexo
Perspectiva eletrônica mostra expansão do Masp; projeto do escritório Metro Arquitetos Associados - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.