Descrição de chapéu dinossauro STF

Leitores elogiam editorial que pede votação do impeachment

'Belíssima reportagem de Ana Bottallo sobre dinossauros', elogia diretor do Museu Nacional

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Ditador
O editorial "Ensaio de ditador" (Opinião, 6/8) acerta em cheio. Augusto Aras está trocando a democracia brasileira por um naco de poder a mais. Já Arthur Lira está fazendo essa troca apenas para alimentar seu espírito medíocre. Ou esses dois entendem que Bolsonaro já rompeu todos os limites, mesmo para seus padrões éticos lenientes e mesquinhos, ou corremos um seríssimo risco da corrosão definitiva de todas as instituições políticas.
Eduardo Salamuni (Curitiba, PR)

O povo, como sempre manipulado, se contenta com cotas e bolsas, e a elite fica torcendo para tudo dar certo, sobretudo o lucro, mas se esquece de certos passados em que ela será a segunda a ser silenciada

José Eduardo de Oliveira

São Paulo, SP



O que move os políticos é sempre a próxima eleição. Não podemos simplesmente votar e deixá-los à vontade. Eu sempre cobro quem ajudei a eleger. Já me posicionei contra o voto impresso e em relação à vaga no STF e à recondução do PGR para que o Senado cumpra o seu papel com rigor. Temos que cobrar os que foram eleitos para nos representar.
Wilson Oliveira (São Paulo, SP)

charge Laerte publicada na folha nod ia 3 de agosto de 2021. Leva o titulo Olimpiadas Berlim 1936, nela o presidente Jair Bolsonaro recebe uma medalha de um soldado do governo nazista, em segundo plano bandeira com o simbolo do nazismo.
Charge Laerte publicada em 3 de agosto de 2021 - Laerte/Folhapress



Falou grosso e o fez muito bem o editorialista. Tardou mas chegou a hora do basta! O Judiciário finalmente acertou no tom. Ao custo de desmoralização irreparável, Lira, Pacheco e o PGR devem um pronunciamento imediato sobre a escalada insana de Bolsonaro.
Paulo Roberto Schlichting (Curitiba, PR)

Dois anos e meio para a Folha repudiar Bolsonaro. É muito tempo para o melhor jornal do Brasil

Francisco Eduardo de Carvalho Viola

São José dos Campos, SP



Excelente editorial. A história nos ensina que se omitir em relação aos atos dos que tentam sufocar liberdades e direitos é tornar-se cúmplice da tirania. Bolsonaro é um mais um nazistoide fracassado que tenta ter alguma relevância.
Luciano Neder Serafini (Ribeirão Preto, SP)

Não pensei que viveria o suficiente para assistir ao presidente da República brasileira xingar publicamente um ministro do Supremo Tribunal Federal.
Carlos Carmelo Balaró (São Paulo, SP)

O filho de Bruno Covas definiu bem o caráter de Jair Bolsonaro, que, além de ofender os mais 560 mil mortos pelo coronavírus, atingiu deliberada e dolosamente a memória do ex-prefeito de São Paulo, que morreu recentemente. As omissõesdo procurador-geral da República e do presidente da Câmara dos Deputados não são próprias de homens públicos, mas de títeres que podem aderir a um projeto ditatorial.
Antonio Adálio Belmonte Ferreira de Carvalho (Belém, PA)

São urgentes reformas na previsão legal, retirando do PR os poderes imperiais de que se reveste.

José Bernardo

Belo Horizonte, MG


Trump cover
"Alto-Comando do Exército concorda com reação de Fux e teme cópia de atos golpistas dos EUA" (Poder, 6/8). As Forças Armadas divulgam nota pública ameaçando o presidente da CPI para defender a sua banda podre, mas, para defender a democracia, preferem ter conversas reservadas vazadas pela imprensa.
Mariana Silva Mendonça (São Paulo, SP)

Não há como discordar. Temos um presidente totalmente fora do eixo e pouco ligado nos problemas graves que enfrentamos. Diariamente provoca discórdia e não trabalha. Uma agenda que envergonha.
Maria Izabel Lima (Fortaleza, CE)

Quantas vezes a imprensa brasileira vai continuar falando de um Alto-Comando das Forças Armadas que não concorda com o Bolsonaro enquanto publicamente só vemos eles se manifestarem para dar apoio ao governo?
Marcos Targino (São Paulo, SP)

"Vai virar Cuba ou Venezuela"... E não é que os próceres direitistas, muitos na tal grande mídia, estavam certos? Quanto aos marginalizados de sempre que caíram no canto da uiara, que agora aguentem

Eladio Gomes

São Paulo, SP



As Forças Armadas já passaram pano para esse delinquente e deu no que deu. Vão continuar passando pano ou vão se posicionar e se descolar desse louco?
Samuel Fagundes (São Paulo, SP)


Votação no plenário
Arthur Lira definitivamente perdeu o resto de vergonha na cara e se vendeu ao genocida ("Lira diz que levará a plenário da Câmara proposta de voto impresso defendida por Bolsonaro e derrotada em comissão" Poder, 6/8). Além de manter mais de cem pedidos de impeachment engavetados, ele vai, mais uma vez, se curvar aos caprichos do despresidente, forçando a barra para tentar que aprovem a PEC no plenário. Nojo!
Beatriz Telles (São Paulo, SP)

Fico apenas imaginando o tamanho da conta que Arthur Lira apresentou para mudar o tom que mantinha anteriormente

Adauto Lima

São Paulo, SP

Incêndios
O fogo ao país começou pelas beiradas; Amazônia, Pantanal e grilagem. Agora chegou ao centro de nossa instável democracia ("Autocombustão", Fernanda Torres, Ilustrada, 5/8).
José Antônio Garbino (Bauru, SP)

Ciência
Belíssima a reportagem de Ana Bottallo sobre a mais nova descoberta realizada na paleontologia ("Cientistas descobrem novo dinossauro carnívoro brasileiro", Ciência, 6/2). Nesses tempos de incertezas, com pandemia, negacionismo, arroubos antidemocráticos, desemprego, é importante destacar que a ciência continua avançando, como demonstrado por esse importante achado, em que o protagonismo é de alunos e jovens pesquisadores! O Museu Nacional vive.
Alexander Kellner, Departamento de Geologia e Paleontologia do Museu Nacional (Rio de Janeiro, RJ)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.