Para leitor, Congresso é ordinário por dar aval a clube de tiro perto de escola

Fim da saidinha e despedida de Alexandre de Moraes estão entre os temas comentados na Folha

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Tiros e escolas
Congresso ordinário ("Projeto aprovado na Câmara libera clubes de tiros próximos a escolas", Cotidiano, 30/5).
Antonio Calmon (Valença, BA)

Plenário da Câmara parcialmente ocupado por pessoas com camisas verdes
Sessão no plenário da Câmara - Zeca Ribeiro - 1º.abr.24/Divulgação Câmara dos Deputados

Vão praticar tiro ao alvo em crianças? Ops, errei o tiro, foi mal…
Fatima Marinho (São Paulo, SP)

Estão assustados com as medidas tomadas pela Câmara? Esperem para ver o que estes 370 deputados de oposição farão a partir de setembro do ano que vem. As chantagens, os achaques, o uso indiscriminado do erário e as agressões à legislação ambiental atuais parecerão brinquedo de criança.
João Perles Pereira (Barreto, SP)


Pauta de costumes
A atual pauta de costumes tolera a violência sexual contra meninas, expande racismo e feminicídio, não respeita a natureza ("Lula admite não ter base contra pauta de costumes e fará reunião semanal com líderes após derrotas", Política, 30/5). Defende sofrimento de mulheres obrigadas a parir frutos do estupro e que até ameaçam as suas vidas. Perder para essa pauta só o dignifica.
Sandra Hortal (São Paulo, SP)

 O presidente Luiz Inácio lula da Silva (PT) durante a promulgação da reforma tributária no Congresso Nacional
O presidente Luiz Inácio lula da Silva (PT) durante a promulgação da reforma tributária no Congresso Nacional - Gabriela Biló -20.dez.2023/Folhapress

Lula deve estar com saudades do tempo do mensalão! Nele, o Congresso aprovava tudo que Lula queria. Todos sabemos como eram construídas essas aprovações! Ainda bem que os tempos são outros!
Matilvani Moreira (Castro, PR)


Fim das saidinhas
Quando as consequências reais dessa derrubada do veto sobre as tais "saidinhas" começarem a pipocar nos estados com penitenciárias abarrotadas, aí verão o que é a "retirada de direitos" que qualquer cidadão tem e que um bando de aloprados buscando likes e com isso monetização dos perfis conseguiram ("Governo Lula e ala do STF preveem judicialização após fim da saidinha de presos", Cotidiano, 30/5). Muitos dos parlamentares que votaram tem ilícitos nas costas e não são "flor que se cheire".
Maria Irene de Freitas (Rio de Janeiro, RJ)

 Presídio feminino do Complexo Prisional de Pedrinhas, no Maranhão
Presídio feminino do Complexo Prisional de Pedrinhas, no Maranhão - Pedro Ladeira - 10.dez.2023/Folhapress

O Congresso, eleito para representar o povo , precisa ter suas decisões respeitadas; não pode a todo tempo um outro poder decidir além ou contra o que a casa legisladora decidiu. Não pode o Judiciário fazer ou alterar leis, cabe a ele fazer cumprir e cumprir as leis aprovadas.
Claudio Vasconcelos (Brasília, DF)


Mortes no trânsito em SP
A Faixa Azul deve ser implantada na pista local das marginais, local com o maior índice de mortes ("Mortes no trânsito crescem 16% em São Paulo e chegam a maior número desde 2015", Cotidiano, 30/5). Basta vontade política pra isso.
Mauricio Milani (São Paulo, SP)

Porsche azul ficou com dianteira destruída após colisão com Sandero na avenida Salim Maluf, em São Paulo
Porsche do empresário Fernando Sastre de Andrade Filho, 24, após acidente que causou a morte do motorista de aplicativo Ornaldo Silva Viana, 52, na zona leste de São Paulo - Polícia Civil/Divulgação

Velozes e furiosos. Regados a uísque, fazem a festa no Brasil. Não há lei que os pare. Tenho grana, portanto faço o que quero. Liberam ruas e avenidas, eu vou passar e passo por cima. Mamãe e papai são amigos de juízes e delegados. E cuidado ao falar comigo. Sou da casta superior.
Severo Pacelli (Uberlândia, MG)


Domínio chinês
Tudo que os chineses fazem é gigante. Viram esse navio ("Navio próprio da BYD atraca no Brasil pela primeira vez, com 5.000 carros", Mercado, 30/5)? É um absurdo! Se os produtos chineses evoluírem em qualidade e confiabilidade o que têm evoluído em tecnologia, os EUA vão comer poeira.
João Pinheiro (São Paulo, SP)

 Navio Explorer Nº1 BYD no Porto de Suape (PE)
Navio Explorer Nº1 BYD no Porto de Suape (PE) - Divulgação/bera.digital

O capricho, perfeccionismo e profissionalismo chineses sempre presentes. Semana passada chamei uma corrida da Uber, cujo carro —que ainda não conhecia— era BYD. Fiquei apaixonada.
Maria Desirée D. Miranda (Fortaleza, CE)


Moraes se despede do TSE
"Moraes diz em despedida do TSE que atuou para romper cultura de impunidade das redes sociais" (Política, 30/5). Que Carmem Lúcia tenha a mesma dignidade e coragem.
Ernesto Pichler (São Paulo, SP)

Nada de novo na passagem de bastão. Será que um dia poderemos ouvir um togado apontar os defeitos de outro ao assumir seu lugar e suas benesses? Não... São cúmplices.
Victor Saeta de Aguiar (São Paulo, SP)

O ministro Alexandre de Moraes abraça a ministra Cármen Lúcia, futura presidente do TSE, em sua última sessão à frente da corte
O ministro Alexandre de Moraes abraça a ministra Cármen Lúcia, futura presidente do TSE, em sua última sessão à frente da corte - Pedro Ladeira/Folhapress

Rio Grande do Sul
Um trauma coletivo imensurável e duradouro que se agrava quando não há responsabilização dos culpados ("Rio Grande do Sul faz operação de guerra para não faltar hortifrúti", Mercado, 30/5). Omissões e ações sucessivas de devastação dos serviços públicos de fiscalização e manutenção; excesso de flexibilizações de regras ambientais e urbanas em favor do capital abusivo. São imensas irresponsabilidades no poder público que tem o dever de zelar pelos cidadãos e não o fazem! Quando responderão por isso?
Márcia Romeiro (Porto Alegre, RS)


Bastilha do Cambuci
Não é mera coincidência o Governo Washington Luís e o atual governo de São Paulo, a história se repete de forma ainda mais aterrorizante ("O dia em que operários atearam fogo numa delegacia", Blog Andanças na Metrópole, Folha Corrida, 30/5).
Anderson Flávio de Paula (Suzano, SP)

 Bastilha do Cambuci: delegacia foi arrombada, incendiada e seus presos foram libertados
Bastilha do Cambuci: delegacia foi arrombada, incendiada e seus presos foram libertados - Memorial da Resistência

Shopee, taxas e Congresso
Cortar privilégios: Vetado ("Pacheco adia votação sobre taxa para compras internacionais de até US$ 50 no Senado", Mercado, 30/5). Taxar pobres: Aprovado.
Wellington Pereira (São José do Rio Preto, SP)

 Fachada do Palácio do Congresso Nacional
Fachada do Palácio do Congresso Nacional - Pedro França/Agência Senado

"Shopee vende um pé de sapato por vez para não pagar imposto" (Painel SA, 30/5). "Viva o Brasil/ Onde todo dia/ É Primeiro de Abril" (Millôr).
Lorenzo Frigerio (Vargem Grande Paulista, SP)

Outra ideia seria comprar uma blusinha sem as mangas por menos de US$ 50 e pedir as mangas num segundo pedido por menos de US$ 50.
Manoel Marcilio Sanches (São Paulo, SP)


De que lado está?
Que decepção! ("Banco do Brasil compra créditos de carbono de empreendimento suspeito de grilagem e fraude", Mercado, 30/5).
Marcelo Magalhães (Rio de Janeiro, RJ)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.