Descrição de chapéu Café da Manhã

Colunista fala sobre o que pode motivar ataques como o de Suzano; ouça

Dois atiradores entraram em escola e mataram oito pessoas, depois morreram

São Paulo

De manhã, dois jovens entram armados, e com explosivos, na escola que conheciam bem. Atiram contra profissionais e estudantes. Deixam mortos e feridos e depois se suicidam.

A história lembra muito o que aconteceu em Columbine, no Colorado (EUA), há 20 anos. Mas casos de atiradores em escolas não são exclusividade dos Estados Unidos.

Nesta quarta-feira (13), dois jovens de 17 e 25 anos invadiram a escola em que estudaram em Suzano, na Grande São Paulo, encapuzados e armados. Mataram oito pessoas e também morreram.

Mas ataques de ex-alunos em escolas não são episódios inéditos no Brasil. Eles ocorreram ao menos em outros sete casos

Quem analisa as motivações que podem levar uma pessoa a tomar esse tipo de atitude é a doutora em psicologia pela USP e colunista da Folha Vera Iaconelli.

Ouça o episódio:

O programa em áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. Para ouvir, basta se cadastrar gratuitamente no aplicativo.

 Os episódios do Café da Manhã vão ao ar de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia, a partir das 6h.

O podcast apresentado pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores conta com a participação de José Marques neste episódio.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.