Descrição de chapéu Café da Manhã

Pesquisa aponta que feminismo é mais bem avaliado entre homens que entre mulheres; ouça

Repórter comenta números e relata ponto de vista de especialistas

São Paulo

O feminismo está no debate, e o Datafolha foi às ruas para entender o que pensa o brasileiro sobre o movimento. Seus números mostraram que a avaliação é mais positiva entre os homens que entre as mulheres.

Para 49% deles, o feminismo traz mais benefícios que prejuízos para a sociedade, enquanto 41% veem mais prejuízo que benefício. Entre as mulheres, 45% acham que há mais benefícios e 38% mais prejuízos. 

A pesquisa ouviu 2.086 brasileiros com 16 anos ou mais (1.095 mulheres e 991 homens), em 130 municípios de todo o país, nos dias 2 e 3 de abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Independentemente da afinidade com o feminismo, mais de dois terços do total concordam com algumas teses feministas. Se há apoio majoritário a causas feministas, por que a identificação com o feminismo não é equivalente? A repórter Ana Estela de Sousa Pinto ouviu pesquisadores em busca de respostas. 

E, diante do impacto da polarização política na imagem que se tem do feminismo, captado na pesquisa, a repórter Anna Virginia Balloussier ouviu mulheres de esquerda e de direita para entender onde elas se encontram e se desencontram.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

Os episódios do Café da Manhã são publicados de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia, a partir das 6h.

O podcast é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores. 

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.