Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast conta como é ser inventor no Brasil; ouça

Dificuldades com patentes, problemas com patrocínio e roubo de ideias marcam trabalho de criadores

São Paulo

No Brasil, quem tenta, por contra própria, inventar algo novo esbarra em dificuldades para patentear sua criação. 

Para fazer o registro, é preciso ter ajuda do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Lá dá para registrar de tudo: desenho industrial, programa de computador, informação tecnológica e as patentes, que são uma espécie de certidão de nascimento de uma ideia.

Os serviços são pagos, alguns chegam a custar mais de R$ 2 mil. Além do preço alto, há a dificuldade com a burocracia. O número de patentes concedidas em 2018 subiu 77,4% na comparação com 2017. Mas o problema hoje é a fila de projetos aguardando aprovação. 

Quem conduz o Café da Manhã desta sexta-feira (10) sobre a invenção no Brasil é o jornalista Renan Sukevicius, da equipe de podcasts da Folha

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

Os episódios do Café da Manhã são publicados de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia, a partir das 6h.

O podcast é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.