Descrição de chapéu Café da Manhã

Como a Lava Jato driblou a lei para obter dados sigilosos; ouça

Procuradores receberam ajuda do auditor fiscal Roberto Leonel, da Receita Federal

São Paulo

Um novo capítulo das mensagens obtidas pelo The Intercept Brasil foi revelado neste domingo (18). Diálogos analisados pela Folha e pelo site mostram que procuradores da Operação Lava Jato buscaram dados da Receita Federal sem que a Justiça tivesse autorizado a quebra do sigilo fiscal várias vezes nos últimos anos.

A força-tarefa teve cooperação do auditor fiscal Roberto Leonel, que chefiava a área de inteligência da Receita em Curitiba e hoje é presidente do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

As mensagens mostram que, em pelo menos um caso, Leonel repassou informações sobre indivíduos que nem sequer eram investigadas em Curitiba.

O repórter Ricardo Balthazar, que analisou essas conversas, explica neste episódio do Café da Manhã esse novo desdobramento envolvendo integrantes da Lava Jato.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

Esse episódio é conduzido pelos jornalistas Guilherme Magalhães e Magê Flores. 

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.