Descrição de chapéu Café da Manhã

O fundo eleitoral precisa de mais dinheiro público? Podcast explica

Congresso aprovou aumento de R$ 1,8 bilhão no valor do fundo

São Paulo

A comissão do Congresso responsável pelo Orçamento aprovou um relatório preliminar que aumenta de R$ 2 bilhões para R$ 3,8 bilhões o fundo eleitoral em 2020. Essa alta de R$ 1,8 bilhão no montante implica em cortes em saúde, educação e infraestrutura.

A medida teve apoio de 13 partidos: PP, MDB, PTB, PT, PSL, PL, PSD, PSB, Republicanos, PSDB, PDT, DEM e Solidariedade. Eles representam 430 dos 513 deputados e 62 dos 81 senadores. Podemos, Cidadania, PSOL e Novo foram contra o aumento.

Bruno Carazza, analista político, professor do Ibmec e autor de “Dinheiro, Eleições e Poder - As Engrenagens do Sistema Político Brasileiro” (Cia. das Letras), discute o financiamento de campanhas no Brasil e explica o fundo eleitoral.

​O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O programa é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Amanda Lüder e edição de som de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.