Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast trata de futebol feminino em 2019 e perspectivas para 2020

Copa do Mundo trouxe mudanças para a modalidade neste ano

São Paulo

O futebol feminino ganhou destaque em 2019. Pela primeira vez, todos os jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo foram transmitidos em TV aberta no Brasil. Além disso, uma nova técnica foi contratada. A sueca Pia Sundhage conquistou dois ouros olímpicos com a seleção americana.

Nos campeonatos locais, também houve mudanças. A final do Campeonato Paulista teve recorde de público, com 28.862 torcedores no estádio. Mesmo com melhorias, as mulheres ainda enfrentam preconceito e obstáculos no esporte. 

Tamires Cássia Dias de Britto, lateral esquerda da seleção brasileira e do Corinthians, e Aline Pellegrino, Diretora do Departamento de Futebol Feminino da Federação Paulista de Futebol e ex-jogadora, estão neste episódio do Café da Manhã. Elas falam sobre a evolução na modalidade, o que ainda precisa mudar e qual é o futuro do futebol feminino.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

Este programa foi conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Victoria Azevedo.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.