Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast trata de queda de secretário que parafraseou nazista; ouça

Roberto Alvim foi exonerado após citar Joseph Goebbels em pronunciamento oficial

São Paulo

Na última sexta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro exonerou o secretário especial de Cultura do governo federal, o dramaturgo Roberto Alvim. O motivo da demissão foi a revolta em torno de um pronunciamento oficial feito pelo diretor teatral, em que ele parafraseia Joseph Goebbels, ministro da propaganda da Alemanha nazista. 

O vídeo foi repudiado por oposicionistas e governistas, incluindo os presidentes da Câmara, do Senado, do Supremo Tribunal Federal. Alvim reagiu dizendo que tudo não passava de uma "coincidência retórica", que não citou Goebbels e que a frase em si era, segundo ele, perfeita.

Sob pressão política e da comunidade judaica, da qual faz parte uma parcela da sua base de apoio, Bolsonaro cedeu e comunicou o desligamento de Alvim do governo. 

Para esclarecer quem é o ex-secretário e onde o discurso de Alvim se encaixa na política cultural do governo, o episódio desta segunda-feira (20) do Café da Manhã conversa com o repórter da Ilustrada Gustavo Fioratti e com a jornalista e doutora em sociologia Ana Paula Sousa.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O programa é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e edição de som de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.