Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast trata de episódio com Cid Gomes e a tensão entre governos e polícias no país; ouça

Ceará passa por motim da Polícia Militar; nesta quinta, senador foi baleado em protesto

São Paulo

Na madrugada de quarta-feira (19), pessoas encapuzadas invadiram batalhões da Polícia Militar no Ceará. Viaturas foram roubadas e pneus foram esvaziados.

O motim de policiais militares no estado é motivado pela proposta de reestruturação salarial feita pelo governo do petista Camilo Santana. A Justiça já havia determinado que os agentes poderiam sofrer sanções e até ser presos por promover movimentos grevistas, já que a Constituição brasileira proíbe greves de militares.

Em Sobral, no interior do Ceará, pessoas circularam em viaturas da PM ordenando que comerciantes fechassem as portas. O senador Cid Gomes (PDT) anunciou no mesmo dia que iria até lá para tentar acabar com o motim.

Dirigindo uma retroescavadeira, Cid tentou furar o bloqueio em um quartel ocupado por policiais. Houve disparos e o parlamentar levou dois tiros no peito. Ele não corre risco de morte. 

No Café da Manhã, o repórter Marcel Rizzo, que está em Sobral, relata a situação da cidade e a colunista Camila Mattoso, do Painel, fala sobre a tensão entre governadores e polícias e a repercussão política do motim no Ceará.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e edição de som de Thomé Granemann. 

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.