Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast discute crise política que surgiu em meio à pandemia

Congresso, governadores, Judiciário, empresários e até aliados reagem a pronunciamento de Bolsonaro

São Paulo

A disseminação do novo coronavírus encaminha o Brasil para uma crise de saúde pública. Mas antes dela, o alastramento da Covid-19 gera uma crise política.

Em seu pronunciamento em rede nacional na terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro voltou a reclamar do que chama de alarmismo no país em relação à pandemia. Mostrou-se preocupado com danos à economia, criticou o fechamento de escolas e atacou governadores e imprensa.

A fala, por sua vez, gerou alarde em muita gente. A insistência de Bolsonaro contraria as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde), de cientistas e de autoridades locais em saúde, além da maioria da população brasileira —como mostrou pesquisa Datafolha. Congresso, governadores, Judiciário, empresários e até aliados reagiram ao pronunciamento.

Esta quarta-feira (25) foi marcada por oposição entre presidente e governadores. Numa videoconferência, Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), trocaram acusações duras sobre a condução da crise sanitária.

O Café da manhã explica o momento da crise e tenta prever cenários em uma conversa com o repórter e colunista Igor Gielow.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e edição de som de Renan Sukevicius.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.