Descrição de chapéu Café da Manhã

Reinaldo Azevedo comenta participação de presidente em ato pró-governo; ouça

Jair Bolsonaro descumpre as próprias recomendações, toca apoiadores e nega enfrentar os Poderes

São Paulo

Ignorando riscos de disseminação do novo coronavírus em aglomerações de pessoas, sobre os quais ele próprio havia alertado, Jair Bolsonaro estimulou e aderiu aos protestos pró-governo e contra Congresso e Supremo Tribunal Federal neste domingo (15).

O presidente saiu do isolamento e foi à praça dos Três Poderes. Não usava máscara, tocou apoiadores e usou celulares alheios. “Isso não tem preço”, disse, em transmissão para redes sociais, nas quais postou dezenas de vezes sobre os atos do dia.

Bolsonaro esteve com infectados pelo coronavírus em sua viagem aos EUA. Seu teste deu negativo, mas novo exame terá de ser feito. Neste domingo, subiu para 12 o número de pessoas que estiveram com Bolsonaro e tiveram resultado positivo para a Covid-19.

As manifestações surgiram a partir do embate entre o governo e o Parlamento sobre o manejo do Orçamento. Apesar da natureza dos atos, que viraram carreatas em alguns pontos devido ao temor do vírus, Bolsonaro negou que eles se tratassem de críticas a outros Poderes.

Participa do episódio sobre o assunto o colunista da Folha Reinaldo Azevedo.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e edição de som de Renan Sukevicius.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.