Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast discute o que falta para Brasil fazer mais testes; ouça

Ministério da Saúde prevê testagem em massa para relaxamento da quarentena

São Paulo

Há mais de um mês, a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que sejam adotadas medidas de testagem massiva da população para detecção do novo coronavírus.

Países bem sucedidos no combate à pandemia, como a Coreia do Sul, adotaram essa iniciativa rapidamente, com índice que atualmente chega a 11.270 testes para cada milhão de habitantes. Já no Brasil, que em geral limita testes a casos mais graves, a taxa é de 1.370 exames para cada milhão de habitantes.

Na segunda-feira (20), o novo ministro da Saúde, Nelson Teich, ampliou a previsão de compra de testes de 23 milhões para 46 milhões. Segundo ele, o objetivo é realizar a testagem em massa da população para que seja possível afrouxar o isolamento social.

No Café da Manhã desta quinta-feira (23), a repórter Natália Cancian fala sobre a importância dos exames diagnósticos em meio à pandemia, o planejamento brasileiro em relação a isso e os gargalos que estamos enfrentando.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e Renan Sukevicius. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.