Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast traz entrevista com governador Flávio Dino, do Maranhão; ouça

Maranhense considera positiva experiência com lockdown e defende frente contra Bolsonaro

São Paulo

À medida que os casos confirmados do novo coronavírus passaram a se multiplicar no Brasil, autoridades municipais e estaduais começaram a adotar medidas de isolamento social. As iniciativas foram criticadas pelo presidente Jair Bolsonaro e se tornaram mais um capítulo no cabo de guerra entre membros do Executivo.

No Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) vinha estudando o lockdown para a capital São Luís quando a Justiça se antecipou e determinou o fechamento da região metropolitana. A capital tinha atingido dias antes 100% de ocupação dos leitos de UTI na rede pública estadual.

Para além das decisões sobre fechar ou deixar abertos os negócios, o governador maranhense tem se destacado entre as vozes críticas a Jair Bolsonaro e é cotado até entre possíveis nomes da esquerda para a eleição presidencial de 2022. Ele defende a construção de uma frente ampla que una seu grupo político nomes de centro e direita.

No Café da Manhã desta quarta-feira (20), Dino fala de política e também sobre como seu estado tem lidado com a pandemia.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia.

O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e Renan Sukevicius. A edição de som é de Thomé Granneman.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.