Descrição de chapéu Café da Manhã

Os motivos da debandada dos liberais do Ministério da Economia; ouça podcast

Guedes justificou as saídas como insatisfação com o ritmo de reformas e privatizações

São Paulo

Na terça-feira (11), o Ministério da Economia sofreu duas baixas: os secretários da Desestatização, Salim Mattar, e da Desburocratização, Paulo Ubel, pediram demissão. O movimento foi chamado de "debandada" pelo chefe da pasta, Paulo Guedes, que apontou a insatisfação com o ritmo das privatizações e da reforma administrativa como o motivo.

Mattar e Ubel são os mais recentes em uma lista crescente de desfalques que a gestão econômica do governo vem sofrendo. Apenas no último mês, Mansueto de Almeida deixou o comando do Tesouro Nacional, Rubem Novaes renunciou à presidência do Banco do Brasil e o diretor de programas do ministério, Caio Megale, anunciou sua saída.

O desmonte da equipe de Guedes acontece enquanto o ministro trava uma batalha pela conservação do teto de gastos. Outros ministros de Jair Bolsonaro defendem a flexibilização do teto para poder gastar com obras e com o Renda Brasil, programa social que o governo quer criar em substituição ao Bolsa Família.

No episódio desta quinta (13), o Café da Manhã explica as mudanças no Ministério da Economia e qual a importância do liberalismo no governo Bolsonaro. A entrevistada é a economista e advogada Elena Landau, uma das responsáveis pelo programa de privatizações nos governos Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso e presidente do conselho acadêmico do Livres, movimento de defesa do liberalismo.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Maurício Meireles, com produção de Renan Sukevicius e Jéssica Maes e edição de som de Thomé Granemann.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Maurício Meireles, com produção de Renan Sukevicius e Jéssica Maes e edição de som de Thomé Graneman.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.