Descrição de chapéu Café da Manhã pantanal

Repórter descreve o Pantanal em meio ao maior incêndio da história do bioma; ouça

Área consumida pelas chamas corresponde a dez vezes a cidade de São Paulo

São Paulo

Do início do ano até esta segunda-feira (17), os incêndios no Pantanal, entre os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, destruíram 1,75 milhão de hectares, de um total de cerca de 15 milhões, segundo o Ibama.

Ao todo, 10,3% da cobertura vegetal do bioma foi perdida neste que é considerado o maior incêndio de sua história. A chamas só devem se enfraquecer em outubro, com o fim do período seco.

Especialistas afirmam que ainda é cedo para avaliar a dimensão total da tragédia e advertem que a regeneração da flora é incerta e pode levar décadas.

Da fauna, os exemplares das mais de 900 espécies de mamíferos, aves e peixes que não conseguiram se salvar se misturam aos restos de mato queimado. O maior refúgio mundial de araras-azuis, espécie em extinção, foi destruído.

Para entender a dimensão desta tragédia no Pantanal, o Café da Manhã desta terça-feira (18) ouviu o repórter da Folha Fabiano Maisonnave que, juntamente do repórter fotográfico Lalo de Almeida, passou dias registrando a devastação do bioma.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Maurício Meireles, com produção de Renan Sukevicius e Jéssica Maes e edição de som de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.