Cinema e TV precisaram usar criatividade para produzir durante a pandemia; ouça

De bolinha de tênis a telas de LED, Expresso Ilustrada conta os truques usados por produtoras ao retomarem as gravações

São Paulo

Paralisados em decorrência da pandemia, os estúdios de gravação têm retomado as atividades com medidas de segurança a fim de minimizar o risco de transmissão do novo coronavírus.

A fim de manter a essência dos filmes, séries e novelas, o setor teve que se reinventar e pensar em soluções tecnológicas para driblar as restrições. Com isso, houve até atriz tendo que beijar bolinhas de tênis para que, mais tarde, esta fosse substituída digitalmente pelo par romântico da moça.

Além disso, as animações têm sido uma alternativa e artistas como Billie Eilish e Pabllo Vittar lançaram videoclipes neste formato. Séries como “Black-ish” e “One Day at a Time” também recorreram aos desenhos em suas últimas temporadas.

O episódio do Expresso Ilustrada desta semana conta como o cinema e a TV estão durante a pandemia. Para isso, participam Anderson Mahanski, um dos sócios da empresa de animação Combo Estúdio, e Diego Lopes, diretor da produtora Oger Sepol.

Com novos episódios todas as quintas, às 16h, o Expresso Ilustrada discute música, cinema, literatura, moda, teatro, artes plásticas e televisão. A edição é de Natalia Silva e a apresentação é de Isabella Menon e Leonardo Sanchez, que também assina o roteiro.

O feed RSS é https://folhaexpressoilustrada.libsyn.com/rs.

O PODCAST ESTÁ DISPONÍVEL EM TODAS AS PLATAFORMAS DE STREAMING. AQUI ESTÃO ALGUMAS DELAS:

Spotify

iTunes

Deezer

Google Podcasts

Castbox

Stitcher

0
Logo Podcast Expresso Ilustrada
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.