Descrição de chapéu Café da Manhã

Os desafios à paz na Colômbia, quatro anos depois do fim da guerra; ouça podcast

Correspondente da Folha faz balanço de tratado que fez guerrilheiros abandonarem luta armada

São Paulo

Em 2016, os colombianos supreenderam o mundo ao rejeitar em um plebiscito o acordo de paz entre o governo e as FARC que daria fim a 54 anos de conflito. Com forte campanha do ex-presidente Álvaro Uribe e mais de 60% de abstenção, o “não” venceu por 54 mil votos.

Entretanto, o acordo foi resgatado pelo presidente Juan Manuel Santos, que recorreu à Constituição para aprovar o tratado apenas com o aval do Congresso, que disse sim em 30 de novembro daquele ano.

Quatro anos depois, a Colômbia é um país bem menos violento. Se em 2012, quando o acordo de paz começou a ser debatido entre as duas partes, a taxa de homicídios era de 35,03 por cada 100 mil habitantes, em 2019 foi de 25,05 por 100 mil habitantes, segundo dados do Ministério de Defesa.

No podcast desta terça (6), a correspondente da Folha em Buenos Aires Sylvia Colombo comenta o que mudou desde que o acordo foi assinado e como está a política de segurança na Colômbia hoje.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Maurício Meireles, com produção de Jéssica Maes, Laila Mouallem e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.