O ataque de hackers ao Tribunal Superior Eleitoral; ouça podcast

No domingo (15), dia das eleições municipais, dados de funcionários do órgão foram vazados

São Paulo

O sistema do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) foi alvo no domingo (15) de ataques hackers que, segundo investigação da SaferNet, foram uma "operação coordenada" para "desacreditar a Justiça Eleitoral". O tribunal foi alvo de negação de serviço (DDoS) contra os seus servidores e de vazamento de dados de funcionários.

Segundo o presidente do tribunal, ministro Luís Roberto Barroso, porém, os dados vazados eram informações administrativas sobre ministros aposentados e funcionários antigos do TSE. Ele considerou o ataque "inócuo". Barroso solicitou que a Polícia Federal investigue os atos.

Esses acontecimentos e a demora na divulgação dos resultados das eleições foram combustível para a disseminação de desinformação sobre o sistema eleitoral nas redes sociais –principalmente a partir de redes bolsonaristas.

O Café da Manhã desta terça-feira (17) conversa com o repórter da Folha Raphael Hernandes, que entrevistou o hacker Zambrius, líder do grupo que realizou o ataque. Ouve também a repórter Patrícia Campos Mello sobre os efeitos políticos dos ataques cibernéticos e como eles influenciam as redes de desinformação.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e Laila Mouallem. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.