Descrição de chapéu Cara pessoa

Podcast explica por que Justiça não deve ser vingança; ouça

Episódio do Cara Pessoa trata dos problemas históricos, processuais e estruturais da Justiça criminal

São Paulo

O sistema de Justiça criminal no Brasil está repleto de problemas. Na sua porta de entrada, investigações policiais pouco rigorosas acabam punindo inocentes ao mesmo tempo em que promovem a impunidade.

Durante o cumprimento da pena, a superlotação e o descontrole do Estado favorecem violações e mortes.

Na saída, entraves que transformam a passagem pelo sistema em pena perpétua. Neste episódio do Cara Pessoa, o médico Drauzio Varella, autor de três livros sobre o sistema carcerário e colunista da Folha, conta o que viu e o que pensa sobre as prisões que conhece de perto há mais de 30 anos.

Dois jovens negros falam da experiência que marcou suas vidas e do racismo que enxergaram na polícia, no Judiciário e nos presídios: Danillo Félix, preso injustamente, e Emerson Ferreira, que cumpriu pena para descobrir que, mesmo assim, tinha perdido parte de seus direitos civis e políticos. Participam do episódio ainda as advogadas Sheila de Carvalho, que integra o Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura, e Marina Dias Werneck, diretora-executiva do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), que falam de dignidade no cumprimento da pena e de justiça restaurativa.

Apresentado pela jornalista Fernanda Mena e com edição de som de Natália Silva, o Cara Pessoa é uma produção da Folha em parceria com a ONG Conectas sobre os desafios dos direitos humanos na prática. Em dez episódios, publicados nas principais plataformas sempre às sextas, às 9h, o programa vai debater temas como liberdade de expressão e discurso de ódio, racismo e branquitude e desafios à educação.

Capa do podcast Cara Pessoa, produção da Folha em parceria com a Conectas sobre os desafios dos direitos humanos
Cara Pessoa é uma produção da Folha em parceria com a Conectas sobre os desafios dos direitos humanos na prática - Núcleo de Imagem
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.