Os vazamentos de dados e o que ainda está por vir; ouça podcast

Cada vez mais frequentes, roubos de informações pessoais deixam cidadãos vulneráveis a fraudes

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Um megavazamento de dados, revelado em janeiro, pode ter exposto os dados como CPF, data de nascimento, nome completo e endereço de 223 milhões de brasileiros. O número é maior que a população do país, o que indica que dados de pessoas mortas também foram roubados.

Na semana passada, houve um outro vazamento, dessa vez de dados de mais de 100 milhões de contas de celular ligadas a duas operadoras de telefonia. Em ambos os casos, os dados estão à venda na deep web, onde é impossível rastrear os computadores.

O Brasil tem um órgão que fiscaliza esse tipo de vazamento, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), criada com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados, que entrou em vigor no ano passado. A ANPD ainda não tem orçamento nem mesmo normas estabelecidas para lidar com casos como esse.

O Café da Manhã desta segunda (15) trata do valor dessas informações e por que elas são tão visadas por cibercriminosos. No episódio, Bruno Bioni, diretor e fundador do Data Privacy Brasil, organização que estuda privacidade e proteção de dados, explica como governo e empresas utilizam nossas informações —e como elas podem ser resguardadas.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Magê Flores, com produção de Laila Mouallem e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.