O fim da era Castro e o futuro de Cuba; ouça podcast

Com troca de comando no Partido Comunista, chegam ao fim 60 anos de liderança de Fidel e Raúl

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O líder socialista Raúl Castro anunciou, na sexta-feira (16), sua saída do posto de primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba --cargo que, ao lado do de presidente, é o mais importante do sistema político do país.

O anúncio encerra um ciclo de seis décadas em que o país foi liderado por Raúl e Fidel Castro, líder revolucionário morto em 2016. Os dois estavam à frente da ilha desde a Revolução Cubana, em 1959. Raúl assumiu a presidência de Cuba após a renúncia do irmão, em 2008, e deixou o posto em 2018 --depois de empreender reformas e iniciar um diálogo com os Estados Unidos.

A mudança marca uma troca de gerações: quem assumiu nesta segunda-feira (19) a liderança do Partido Comunista foi o atual presidente cubano, Miguel Díaz-Canel.

No episódio desta terça-feira (20), o Café da Manhã conversa com a correspondente da Folha Sylvia Colombo. Ela explica o que representa a troca de comando em Cuba e qual deve ser o futuro político do país.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Bruno Boghossian, com produção de Jéssica Maes, Laila Mouallem, Mahara Aguiar e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.