Descrição de chapéu Café da Manhã twitter

O que pode mudar no Twitter sob o comando de Elon Musk; ouça podcast

Bilionário compra rede social por US$ 44 bilhões e pretende reverter políticas de moderação

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A notícia da compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk, por US$ 44 bilhões, gerou repercussão intensa, dentro e fora da rede.

Para o homem mais rico do mundo, a aquisição tem pouca relação com o aspecto econômico, mas é uma forma de reverter as políticas de moderação da rede social —o que ele critica com frequência.

Entre as mudanças prometidas pelo empresário estão fechar o capital da empresa, acabar com os bots e tornar o algoritmo da plataforma público. Segundo ele, isso faria com que o Twitter se tornasse um ambiente de mais livre expressão.

O Café da Manhã desta quarta-feira (27) conversa com Ronaldo Lemos, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro e colunista da Folha. Ele fala sobre os problemas do Twitter hoje, o discurso de Musk e o que pode mudar sob o comando do bilionário.

Ouça o episódio:

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando acima. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Daniel Castro e Magê Flores, com produção de Jéssica Maes e Laila Mouallem. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.