CEO do Flamengo deixa o cargo para coordenar campanha de João Amoêdo

Já o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Melo, filiou-se à Rede e ainda define para qual cargo irá se candidatar

Italo Nogueira
Rio de Janeiro

O diretor-geral do Flamengo, Fred Luz, deixou o cargo nesta quarta-feira (23) para assumir a coordenação-executiva da campanha de João Amoêdo (Novo) à Presidência da República.

É o segundo dirigente da cúpula do rubro-negro carioca a se aproximar da política. O presidente do clube, Eduardo Bandeira de Melo, filiou-se à Rede e ainda define para qual cargo irá se candidatar.

Sócio da holding Inbrands,  que reúne marcas como Richards, Salinas, Ellus e VR, Luz participou dos cursos de formação política do RenovaBR, entidade que busca capacitar pessoas de fora da política a participar das eleições.

"A campanha é um processo profissional como outro qualquer. É uma organização que tem como fim conseguir votos, seguindo os seus princípios", disse Luz. É a sua primeira participação ativa numa campanha eleitoral —em 2006, cedeu alguns veículos para a candidata derrotada ao governo do Rio Denise Frossard (PPS).

Amoêdo ainda não superou 1% nas pesquisas de intenção de voto. Luz avalia que ainda há "muito campo para ele crescer".

"A velocidade e os desdobramentos [do crescimento] é o processo eleitoral quem vai dizer", afirmou ele.
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.