Descrição de chapéu Eleições 2018

Bruno Covas grava apoio a tio, candidato ao Senado da chapa de Márcio França

Prefeito de São Paulo afirmou que há coisas importantes do que partidos políticos

Artur Rodrigues Gabriela Sá Pessoa
São Paulo

O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) gravou depoimento em propaganda eleitoral apoiando seu tio Mario Covas Neto (PODE) para o Senado, de coligação rival à de seu partido. 

A presença do prefeito na propaganda acontece em momento em que vários candidatos disputam a segunda vaga ao Senado, já que Eduardo Suplicy (PT) lidera com folga, com 28% das preferências de voto, segundo o Ibope. 

Os candidatos da chapa do PSDB são os deputados federais Mara Gabrilli e Ricardo Tripoli. Gabrilli (15%), Tripoli (10%) e Covas Neto (13%), além de Major Olímpio, do PSL, com 15%, estão muito próximos, segundo pesquisa Ibope mais recente.  

"Sempre pautei minha vida política por fidelidade partidária, mas há coisas que são mais importantes que partidos políticos. Por isso estou aqui hoje para trazer o meu apoio e pedir o seu voto para Covas senador", afirmou o prefeito, em vídeo. 

O Podemos apoia Márcio França para o governo e Álvaro Dias para a Presidência, enquanto o PSDB apoia João Doria e Geraldo Alckmin. 

Membros do partido disseram que a decisão foi aceita internamente no PSDB, devido ao grau de parentesco entre o prefeito e Covas Neto. 

O vídeo, segundo Covas Neto, foi suspenso pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) na quarta-feira (26), que concedeu liminar favorável a questionamento da campanha de Jilmar Tatto (PT), também candidato ao Senado, por infidelidade partidária. 

Covas Neto afirma que foi questionado por amigos da família se ele e Bruno estavam brigados, porque o prefeito manifestou apoio a Trípoli (PSDB) e não ao tio. Disse que não cogitou pedir manifestação a Bruno para não criar polêmica com os tucanos e que foi sua mulher que procurou o sobrinho.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.