Descrição de chapéu Eleições 2018

Em vídeo, Ciro diz que pesquisas internas dão números diferentes do Ibope

Ultrapassado por Haddad, candidato do PDT pede à militância que continue entusiasmada nas ruas

Isabel Fleck
São Paulo

Estagnado em 11% nas últimas duas pesquisas Ibope e ultrapassado por Fernando Haddad (PT), hoje com 19%, o candidato do PDT ao Planalto, Ciro Gomes, publicou no Twitter um vídeo para acalmar seu eleitorado. 

Nele, Ciro diz que as pesquisas internas do partido, que não podem ser divulgadas porque não são registradas, “dão números completamente diferentes” dos do Ibope, que indicam segundo turno entre Haddad e Jair Bolsonaro (PSL).

“Dá pra gente trabalhar animado”, diz, depois de pedir que sua militância continue “aguerrida e entusiasmada” nas ruas.

Ciro também fez uma comparação indireta da sua situação com a do tucano Aécio Neves nas últimas eleições, quando as pesquisas apontavam, duas semanas antes, um segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva, então do PSB. Segundo o pedetista, “as pesquisas estão saindo quase todo dia, e trazem números que, às vezes, podem confundir o eleitor”. 

“Eu quero lembrar o que aconteceu na reta final das últimas eleições, as de 2014, quando as pesquisas davam um quadro completamente diferente de resultado verdadeiro que saiu depois”, diz Ciro.  

O vídeo reproduz então um trecho do Jornal Nacional divulgando a pesquisa Ibope de 23 de setembro de 2014, em que Dilma tinha 38%, Marina, 28% e Aécio, 19%.

“Tá vendo aí? O resultado das urnas foi completamente diferente”, afirma Ciro. “Então, meu povo, a lição que fica mesmo é que a gente nunca pode transferir a nossa decisão e o nosso entusiasmo para os institutos de pesquisa.”

Na reta final do primeiro turno em 2014, Marina foi alvo de fortes ataques tanto da campanha de Dilma quanto da campanha de Aécio — o que, para muitos analistas, foi determinante para que ela ficasse de fora do segundo turno.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.