Descrição de chapéu Folha Informações

Eleitor com título cancelado por falta de biometria obrigatória não poderá votar

Ao contrário do que diz viral, comparecer à zona eleitoral com documentação não resolve a situação

Amanda Lemos
São Paulo

É falsa a informação de que o eleitor que não fez a biometria obrigatória poderá votar mediante apresentação de documento com foto na zona eleitoral.

O texto enviado para o Folha Informações, canal de checagem do jornal, diz que quem for impedido deve exigir determinação judicial.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reitera que eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico obrigatório dentro do prazo estipulado não poderão votar nesta eleição.

No dia 26 de setembro o Supremo Tribunal Federal (STF) negou pedido para que eleitores que tiveram título cancelado pela Justiça Eleitoral por faltarem à revisão periódica –incluindo cadastramento biométrico– pudessem votar neste ano.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 5,6 milhões de eleitores faltaram à revisão eleitoral feita entre 2016 e 2018. Do total, 3,4 milhões tiveram os títulos cancelados por motivos diversos e não poderão votar este ano.

Mais da metade (54%) dos cancelamentos foi em estados das regiões Norte e Nordeste do país. Ao todo foram 716 cidades passaram por cadastramento biométrico obrigatório para as eleições deste ano. No site do TRE é possível verificar sua situação eleitoral.

Se recebeu alguma informação que acredita ser falsa, comunique o WhatsApp da Folha (0-xx-11 99486-0293). Pode ser áudio, vídeo, corrente, imagem ou notícia que circule pelo aplicativo ou por redes sociais, como Facebook, Instagram ou Twitter. O jornal faz uma seleção do conteúdo a ser checado e publica o resultado desse trabalho.

Texto falso que circula pelo WhatsApp:

REPASSEM AO MÁXIMO DE PESSOAS:

Gente! Não caiam nessa do impedimento ao voto, em caso de não ter feito a biometria!

Não podemos cair neste engodo canalha e nem permitir que outros caiam!

Estão fazendo isto pra que os que não fizeram, não compareçam à votação. Mas estaremos todos lá, devidamente credenciados, precisando só levar documento com foto, conforme o previsto na legislação! Isto é golpe pra afastar os mais humildes e com menos acesso à informação, da votação... não por acaso, boa parte dos eleitores do Haddad.

O voto é direito que não se perde por conta desta medida. Uma sacanagem absurda, lançarem este factóide como "exigência" inexistente!

É GOLPE! Não caiam nessa!

Não há legislação acima do direito ao voto, que o condicione à biometria.

AOS QUE NÃO FIZERAM A BIOMETRIA, BASTA COMPARECER À ZONA ELEITORAL, MUNIDO DE DOCUMENTO, COM FOTO E PROCEDER À VOTAÇÃO. SE FOR IMPEDIDO, EXIJA A DETERMINAÇÃO JUDICIAL!

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.