Não é verdade que fundação apontou Bolsonaro como político mais honesto do mundo

Notícia falsa de 2016 volta à tona nas redes sociais; entenda

Amanda Lemos
São Paulo

É falsa a informação de que a Fundação Transparência Política Internacional indicou Bolsonaro (PSL) como o político mais honesto do mundo. A informação foi repassada por leitores via WhatsApp do Folha Informações, canal de checagem de boatos e notícias falsas do jornal.

A corrente começou a circular pela internet em 2016. Fazendo uma pesquisa rápida, é possível ver que a Fundação Transparência Política Internacional não existe.

O texto compartilhado nas redes sociais diz também que o candidato do PSL desbancou políticos como Barack Obama, que ficou em segundo lugar, e o ex-presidente francês François Hollande. Junto do texto, acompanha um link falso associado à Folha.

Além disso, a matéria que acompanha a corrente, com endereço A Folha do Brasil, não está mais ativa. Na época, o site Folha Brasil usava a mesma identidade visual da Folha e foi retirado do ar ainda em 2016. 

O texto diz também que, perguntado pela reportagem do suposto jornal "Folha do Brasil" sobre o silêncio do político em relação ao assunto, teria dito que “este título não tem a menor importância para mim. Ser honesto não é nenhum favor que eu faço para ninguém. Ser honesto é o dever que minha consciência me obriga”.

Naquele ano, a notícia falsa recebia destaque no mecanismo de buscas do Google. No dia 15 de agosto foi retirado da página.

Se recebeu alguma informação que acredita ser falsa, comunique o WhatsApp da Folha (0-xx-11 99486-0293). Pode ser áudio, vídeo, corrente, imagem ou notícia que circule pelo aplicativo ou por redes sociais, como Facebook, Instagram ou Twitter. O jornal faz uma seleção do conteúdo a ser checado e publica o resultado desse trabalho.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.