Não é verdade que Polícia Federal apreendeu van com urnas eletrônicas adulteradas

Corrente com notícia falsa circula no WhatsApp

São Paulo

É falso que a Polícia Federal (PF) tenha feito uma apreensão de uma van com urnas eletrônicas adulteradas e que a Rede Record tenha noticiado isso, como indica uma corrente viral que circula no WhatsApp.

A notícia falsa afirma que, dos 152 equipamentos que teriam sido confiscados, 121 estariam "preenchidas com voto para o Haddad com pelo menos 72% dos votos". 

Comprova: Não é verdade que Polícia Federal apreendeu van com urnas eletrônicas adulteradas
Comprova: Não é verdade que Polícia Federal apreendeu van com urnas eletrônicas adulteradas - Reprodução/Comprova

Procurada pelo projeto Comprova, a Polícia Federal informou que não há registro de uma ocorrência do tipo. No site da instituição também não existe qualquer referência a recolhimento de urnas eletrônicas.

Buscas no site da Record TV e no portal R7 não indicam nenhuma matéria recente sobre apreensão de urnas eletrônicas. Outros veículos de imprensa também não reportaram nenhum caso como o descrito na corrente. 

O site E-farsas e a campanha do PT também desmentiram essa peça de informação.

Participaram também da apuração deste texto os veículos piauí e O Estado de S. Paulo, que integram o Comprova, projeto que visa identificar, checar e combater rumores, manipulações e notícias falsas sobre as eleições de 2018. É possível sugerir checagens pelo WhatsApp da iniciativa, no número (11) 97795-0022.    

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.