Descrição de chapéu Eleições 2018

Se falou em fechar STF, precisa de psiquiatra, diz Bolsonaro

Presidenciável diz desconhecer declaração de filho em vídeo que circula na internet

Ana Luiza Albuquerque Talita Fernandes
Rio de Janeiro

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) negou a jornalistas na tarde deste domingo (21) que exista a possibilidade de o STF (Supremo Tribunal Federal) ser fechado.

Veicula nas redes sociais um vídeo em que seu filho, Eduardo Bolsonaro, afirma que o Supremo poderia ser fechado por militares caso a candidatura de seu pai fosse barrada.

"Se alguém falou em fechar o STF, precisa consultar um psiquiatra", disse Jair Bolsonaro. 

O candidato do PSL afirmou que desconhece o vídeo e que duvida que Eduardo tenha feito a afirmação. "Alguém tirou de contexto."

Bolsonaro grava vídeos de campanha neste domingo com membros da CBDS (Confederação Brasileira de Desportos de Surdos). O encontro ocorre no Jardim Botânico, zona sul do Rio, na casa de Paulo Marinho, suplente de seu filho Flávio Bolsonaro, eleito senador.

A campanha de Fernando Haddad (PT) chegou a veicular a informação de que Bolsonaro teria votado contra o Estatuto da Pessoa com Deficiência. O candidato do PSL votou contra um inciso da lei.

Bolsonaro esteve acompanhado de sua mulher, Michelle, intérprete de libras.

O candidato do PSL assinou um termo de compromisso para defender os membros da comunidade surda. 

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.