PR e Podemos oficializam apoio a reeleição de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara

Partidos do centrão, como PRB, Solidariedade e PSD, além do PSL de Bolsonaro, também apoiam Maia

Angela Boldrini
Brasília

O PR oficializou nesta terça-feira (8) apoio do partido à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara. 

"O PR já faz essa parceria de apoio ao Rodrigo Maia desde o segundo turno da eleição passada, e continuamos com o apoio a ele, agora como candidato natural", afirmou o líder do partido na Casa, José Rocha (BA). 

O partido já estava negociando apoio com o atual presidente da Casa. Em troca, manterá a primeira secretaria, espécie de "prefeitura" da Câmara. O cargo deve continuar sendo ocupado por Giacobo (PR). 

Agora, a sigla deve debelar outra questão: o deputado Capitão Augusto (SP) já afirmou que manterá sua candidatura de maneira independente. 

Rocha disse que o partido trabalhará para fazer com que ele desista da ideia. Como o voto é secreto, não é possível afirmar que todos os parlamentares votarão unidos com a direção partidária. 

"O partido vai orientar todos os seus parlamentares a votarem em Rodrigo Maia, e acredito que teremos a maioria expressiva", diz o deputado.

Além do PR, Maia já conseguiu aglutinar em torno de si outros partidos do chamado centrão, como PRB, Solidariedade e PSD.

Nesta terça, o Podemos anunciou que votará pela reeleição do atual presidente. O partido possuirá na próxima legislatura uma bancada de 17 parlamentares.

O partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL, também declarou apoio a Maia em troca de uma posição na Mesa e da presidência da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.