Senadores usam verba pública para viajar a SP e gravar com Silvio Santos

Davi Alcolumbre e Flávio Bolsonaro participaram de brincadeira no programa do SBT

São Paulo

Para sorrir ao lado de Silvio Santos em duas edições do programa dominical do apresentador no SBT, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) tiveram uma ajudinha dos cofres públicos.

Os dois viajaram a São Paulo para gravar o quadro "Jogo das Três Pistas" em voos proporcionados pela estrutura dos cargos que ocupam. O filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ainda se valeu de auxílio para hospedagem na capital paulista.

Davi, que participou da brincadeira com Silvio neste mês, requereu um voo da FAB (Força Aérea Brasileira) para 14 de setembro, saindo de Brasília com destino a São Paulo. Nessa data, ele gravou sua aparição, que foi exibida no dia seguinte.

Como presidente do Congresso Nacional, o senador tem direito a usar aeronaves da FAB. Ele informou uma previsão de 14 passageiros e disse que o motivo do deslocamento seria "serviço/segurança". A Aeronáutica não divulga o nome dos ocupantes.

A aeronave solicitada pelo presidente do Senado decolou de Brasília pela manhã e retornou à noite.

No palco, Davi nada falou sobre seu trabalho no Congresso, a agenda de seu mandato ou a situação do Brasil. Só disputou o game contra o apresentador Ratinho, do SBT —e perdeu. Acumulou 25 pontos, ante 40 do auditório e 71 do adversário.

A agenda oficial do presidente do Senado não registrava nenhum compromisso para o dia 14, nem mesmo a gravação. No estúdio, Silvio o tratou com deferência. Apresentou brevemente a biografia de Davi, agradeceu pela presença e, ao se despedir, recomendou a ele que desse um abraço na esposa, "que é muito simpática".

Alinhado com o governo Bolsonaro, o apresentador e dono do SBT afirmou ter convidado o presidente do Senado dias antes, durante o desfile de Sete de Setembro, em Brasília. Na ocasião, Silvio ficou no palanque ao lado do presidente da República.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, durante sua participação no 'Jogo das Três Pistas', no 'Programa Silvio Santos'
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), durante sua participação no 'Jogo das Três Pistas', no 'Programa Silvio Santos' - Reprodução/SBT

Davi não foi o único político a dar as caras no "Programa Silvio Santos" recentemente. Além do próprio Bolsonaro, dois filhos do presidente da República estiveram na atração neste ano.

A participação de Flávio e do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no quadro de perguntas e respostas foi ao ar em 14 de julho. Na gincana, o jogador tem que acertar a palavra correta a partir de dicas que estão em um envelope e são lidas pelo animador do programa.

Flávio saiu derrotado (ficou com 18 pontos, enquanto o irmão conseguiu 65 e a plateia, 60). Senador pelo Rio, ele pagou a viagem até São Paulo e o retorno a Brasília com o próprio dinheiro, mas depois pediu reembolso à Casa, exercendo o direito à chamada cota parlamentar.

Ele declarou um gasto de R$ 2.427,45 com voos nos dias anteriores à gravação, marcada para um sábado. Flávio primeiro viajou de Brasília para o Rio. Ficou na capital fluminense entre a noite de quinta-feira e a tarde de sexta-feira, quando decolou para São Paulo.

Não é possível precisar qual foi o gasto específico do segundo deslocamento (do Rio para São Paulo) porque o custo de cada voo não foi discriminado na nota apresentada por ele à Casa.

O avião pousou no aeroporto de Congonhas na sexta à noite. Na sexta também tinha início a reserva feita pelo senador no hotel Blue Tree Premium Faria Lima (zona oeste). Pela hospedagem, que duraria até o dia seguinte, Flávio pagou R$ 334,95.

Depois de brincar com Silvio Santos, ele voou de São Paulo para Brasília, no sábado, em traslado que saiu por R$ 581,89.

A Folha perguntou à assessoria de Flávio se ele teve outros compromissos na capital paulista na ocasião, mas não houve resposta. A agenda do senador não é divulgada, ao contrário do que ocorre com o presidente da Casa.

No caso de Eduardo, não foram encontrados nas prestações de contas gastos relacionados ao período da ida ao SBT. Como ele tem base no estado, os gastos poderiam ser justificados pela necessidade de manter contato com seus eleitores.

O parlamentar, que foi indicado pelo pai para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos, possui um gabinete para despachar na cidade, mantido com verba do mandato.

A participação dos irmãos no game também transcorreu em clima ameno e festivo, com Silvio chamando-os de galãs. A certa altura, contudo, fez troça dos conhecimentos dos convidados, dizendo que eram "fracos de política" e deveriam estudar o assunto, já que não acertavam os desafios.

Nenhum dos dois descobriu, por exemplo, que era João Goulart a resposta para a trinca de dicas "foi presidente/esposa bonita/nasceu em São Borja". Eduardo arriscou: "Getúlio Vargas?".

​​Silvio, que recebeu o presidente Bolsonaro no programa em maio, disse que aproveitou sua ida à parada de Sete de Setembro para atrair outros poderosos para o "Jogo das Três Pistas".

Segundo ele, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), respondeu que irá "em outra oportunidade". Um dos genros do comunicador é o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), casado com a apresentadora Patricia Abravanel.

"Eu convidei alguns congressistas... Me disseram que vão vir, mas eu não acredito", disse o apresentador em sua atração. Segundo ele, no entanto, a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), participará neste domingo (29).

Ao anunciar a próxima atração, uma pequena gafe: Silvio esqueceu o nome da deputada e pré-candidata a prefeita da capital, a quem se referiu como "aquela moça bonita, loira".

Outro lado

Procurados via assessoria, nem Davi nem Flávio se manifestaram.

A Folha perguntou a ambos de que forma a participação no "Programa Silvio Santos" se relaciona com suas atividades parlamentares e se eles tiveram outros compromissos na capital paulista na mesma ocasião.

O presidente do Senado também não informou quais foram os 14 passageiros que embarcaram nos voos solicitados por ele à FAB.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.