Conheça a árvore genealógica da família imperial, expulsa do Brasil há 130 anos

Após a proclamação da República, d. Pedro 2º e familiares foram para a Europa; descendentes só puderam voltar em 1920

São Paulo

Há 130 anos, a família imperial brasileira, liderada pelo imperador d. Pedro 2º, foi banida do país pelo recém-formado governo republicano do marechal Deodoro da Fonseca.

Exilados na Europa, a maioria na França, os descendentes de d. Pedro 2º ficaram banidos de voltar ao Brasil até 1920, quando o presidente Epitácio Pessoa (1919-1922) revogou o banimento.

Conheça abaixo a genealogia da família imperial e os atuais ramos de descendentes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.