Morre aos 91 anos o ex-deputado federal José Camargo

Político exerceu cinco mandatos na Câmara dos Deputados, até 1991

São Paulo

Morreu nesta terça-feira (14), aos 91 anos, de insuficiência cardíaca o ex-deputado federal José Camargo.

Ele foi um dos fundadores do MDB em São Paulo, na década de 1960, e ocupou o cargo na Câmara por cinco mandatos, de 1971 a 1991, incluindo a legislatura da Constituinte (1987-88).

O ex-deputado José Camargo, em foto de 2011
O ex-deputado José Camargo, em foto de 2011 - Julian Marques - 24.set.2011/Folhapress

Advogado e empresário, foi fundador das rádios 89, Nativa e Alpha FM, que ainda hoje pertencem à família.

Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e deixa cinco filhos e oito netos. O velório será a partir das 8h30 desta quarta-feira (15), no cemitério do Morumbi, em São Paulo.

Ao longo de seus mandatos, Camargo também integrou os antigos PDS (hoje PP) e PFL (hoje DEM). 

"Ele se portou mais na política como um articulador", diz um de filhos, o administrador de empresas João Camargo, 58. 

O filho lembra que o ex-deputado foi muito próximo ao presidente João Figueiredo (1979-85), chegando a lançar no Congresso a proposta de reeleição dele à Presidência, e articulou a vitoriosa candidatura a prefeito de São Paulo de Jânio Quadros, em 1985. 

Em rede social, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que recebeu com profundo pesar a notícia. "Minha solidariedade aos familiares e amigos nesse triste momento."  

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.