Primeiro prefeito do PT, Gilson Menezes morre aos 70 anos

Um dos fundadores do partido, foi líder das greves no ABC paulista no final dos anos 1970

São Paulo

Gilson Menezes, um dos fundadores do PT e primeiro prefeito eleito pelo partido, morreu neste domingo (23), aos 70 anos.  

Em nota, o PT informou que Gilson estava em Santa Catarina há quatro meses, na busca de um transplante de rim. A causa da morte não foi informada. 

Gilson Menezes, ex-prefeito de Diadema (SP), em 1995
Gilson Menezes, ex-prefeito de Diadema (SP), em 1995 - Rosane Marinho/Folhapress

Baiano da cidade de Miguel Calmon (360 km de Salvador),  ​Gilson Menezes chegou a Diadema (SP) aos 11 anos. Metalúrgico, foi um dos líderes das greves de 1979 no ABC paulista.

Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores em 1980, elegeu-se prefeito de Diadema em 1982, posto que ocupou de 1983 a 1988. 

Comandaria novamente a cidade de 1997 a 2000, desta vez filiado ao PSB . Foi ainda vice-prefeito de Diadema, de 2009 a 2012, pelo mesmo partido, na administração de Mário Reali (PT) .

Luiz Carlos Prestes e o então prefeito de Diadema Gilson Menezes durante inauguração da escola de educação especial Olga Benário Prestes, em Diadema (SP), em 1988
Luiz Carlos Prestes (à esq.) e o então prefeito de Diadema Gilson Menezes (em frente à placa) durante inauguração da escola de educação especial Olga Benário Prestes, em Diadema (SP), em 1988 - Bel Pedrosa/Folhapress

Sua última candidatura foi em 2016, pelo PDT, quando tentou uma vaga na Câmara dos Vereadores de Diadema, mas não foi eleito.

 O enterro está previsto para acontecer às 10h desta segunda-feira (24).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.