Descrição de chapéu O que foi a Ditadura

De Ato Institucional a Riocentro, veja glossário de termos associados à ditadura

Lista reúne 23 palavras e expressões relacionadas ao período

São Paulo

Confira 23 principais termos associados ao período da ditadura militar.

Abertura política
Foi um processo que começou no governo Geisel, quinto general no poder, de encaminhamento para o fim da ditadura militar. Intitulada de abertura lenta, gradual e segura tinha por objetivo preparar o país para uma redemocratização.

ALN
A Ação Libertadora Nacional foi um grupo armado criado em 1968 que lutava contra o regime militar. Um de seus fundadores foi Carlos Marighella, dissidente do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Arena
Aliança Renovadora Nacional foi um partido político formado por integrantes oriundos da União Democrática Nacional (UDN) e do Partido Social Democrático (PSD). Ele surgiu para compor o bipartidarismo instituído no AI -2.

Ato Institucional
Decretos e normas expedidas durante a ditadura com o propósito de garantir a permanência dos militares no poder. Ao todo foram 17 atos, sendo que o de número 5 (AI-5) marcou o período mais duro da ditadura, denominado de anos de chumbo. Com ele, o presidente tinha poderes quase ilimitados como: fechar o Congresso Nacional e demais casas legislativas por tempo indeterminado; cassar mandatos; suspender direitos políticos e a garantia de habeas corpus em casos como crimes políticos e demitir ou aposentar servidores públicos.

Caso Riocentro
Um atentado a bomba atingiu o Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro, na noite de 30 de abril de 1981. Dois artefatos explodiram durante um evento que comemorava o Dia do Trabalhador. Uma das bombas feriu gravemente um capitão e matou um sargento. A outra caiu em uma estação de fornecimento de energia elétrica.

DOI-CODI
Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna foram órgãos que surgiram a partir da Operação Bandeirante que tinha por objetivo reprimir indivíduos ou organizações que representassem ameaça à manutenção da segurança do regime.

DOPS
Departamento de Ordem Política e Social foi um órgão criado no Estado Novo que permaneceu ativo durante a ditadura militar com o objetivo de coibir crimes de ordem política e social que colocassem em risco a segurança nacional.

Guerrilha do Araguaia
Guerrilha armada organizada pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B) em oposição à ditadura. Ganhou esse nome por ter sido travada nas proximidades do rio Araguaia, que banha os estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Pará.

Junta Militar
Grupo de ministros militares que exerceram temporariamente as funções de presidente da República após o anúncio de enfermidade de Arthur da Costa e Silva.

Lei da Anistia
Promulgada em 1979 pelo último presidente da ditadura militar (1964-1985), o general João Figueiredo, a lei concedeu anistia a todos que cometeram crimes políticos de 1961 a 1979.

Marcha da Família com Deus pela Liberdade
Manifestação conservadora contrária às reformas de base proposta por João Goulart, anterior ao período do regime militar.

MDB
O Movimento Democrático Brasileiro foi um partido político que fazia oposição a Arena quando instituído o bipartidarismo no país.

MR-8
Movimento Revolucionário Oito de Outubro foi um grupo de guerrilha urbana que lutava pelo fim do regime militar.

OBAN
Operação Bandeirante tinha por objetivo garantir a segurança nacional e combater os grupos armados de esquerda.

Operação Condor
Aliança política firmada entre países da América do Sul que estavam sob o comando de regimes militares. Participaram: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. O objetivo era compartilhar informações visando perseguir quem se opunha ao regime.

Pacote de Abril
Em 1º de abril de 1977, o então presidente Ernesto Geisel instaurou uma série de medidas a fim de garantir uma maioria de apoiadores no Congresso Nacional. Entre as ações estava: o fechamento do congresso; a indicação de senadores biônicos; extensão do mandato presidencial para seis anos; continuidade das eleições indiretas para prefeitos, governadores e presidente; maioria absoluta do quórum para a aprovação de emendas à Constituição e aumento da representatividade do norte e nordeste, onde a Arena era predominante.

PCB
Partido Comunista Brasileiro atuou na clandestinidade de 1966 a 1979 quando no Brasil só era permitido existir dois partidos políticos, a Arena e o MDB.

PC do B
O Partido Comunista do Brasil durante o regime militar, inspirado na Grande Marcha na China de 1934, organizou uma luta armada rural, a Guerrilha do Araguaia, para tentar por fim a ditadura. O plano era marchar do sul do Pará até Brasília para derrubar os militares e assumir o poder.

PCBR
O Partido Comunista Brasileiro Revolucionário foi criado a partir de uma cisão do PCB. Durante o 4º Congresso do partido militantes foram expulsos e parte deles criaram a nova sigla.

Prefeito/governador biônico
A oposição ao regime militar usou o termo biônico para designar os políticos eleitos indiretamente.

SNI
Serviço Nacional de Informações foi um órgão que monitorava a circulação de informação no país.

UNE
União Nacional dos Estudantes foi um órgão fundado de 1937 que representava os estudantes universitários. Durante o regime militar, a organização foi proibida de atuar e criou um movimento contra a ditadura. Em um congresso clandestino no dia 12 de outubro de 1968 em Ibiúna, no interior de São Paulo, cerca de mil estudantes foram presos.

Var-Palmares
A Vanguarda Armada Revolucionária - Palmares foi um grupo formado em 1969 pela união entre a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) e o Comando de Libertação Nacional (COLINA). O objetivo era derrubar o regime militar através da luta armada e substituí-lo pelo socialismo.

Leia mais

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.