Descrição de chapéu Eleições 2020

Candidato à Prefeitura de SP, Arthur do Val se refere a Pirituba como cidade e vira alvo de críticas

Em entrevista, político do Patriota chamou Pirituba de cidade

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O candidato a prefeito de São Paulo Arthur do Val (Patriota) cometeu uma gafe durante uma entrevista ao Master Podcast, no dia 29 de setembro. Ele se referiu a Pirituba, bairro da zona norte, como um município. Após a declaração, adversários o acusaram de desconhecer a capital.

Ao comentar o rodízio de veículos, do Val criticou horários diferenciados em cidades no entorno de São Paulo.

"O cara sai correndo, pega a marginal antes do rodízio e chega em Osasco. Lá ele tem que encostar porque o horário [do rodízio] é outro. Aí ele vai para Pirituba e é outro. Para o ABC é outro. Cara, o prefeito de São Paulo tem de chamar todo mundo e falar: vem cá, vamos padronizar isso aqui. Quem é que tem dar a luz? É o prefeito de Santo André? É o prefeito de São Caetano? É o prefeito de Pirituba? Não, é o prefeito de São Paulo!", afirmou do Val.

O assunto foi resgatado por internautas nesta quarta (7). A candidata a vereadora em São Paulo pelo PSOL Simone Nascimento, por exemplo, criticou o candidato em sua conta no Twitter. Ela afirma que Arthur do Val acha que São Paulo "se resume a Faria Lima", região nobre na zona oeste da cidade. Outras pessoas debocharam da declaração nas redes.

Pirituba é um bairro na zona norte da capital e integra a subprefeitura Pirituba/Jaraguá. Não há, no bairro, restrição para a circulação de veículos, uma vez que o rodízio municipal na cidade de São Paulo vale apenas para o centro expandido. Além disso, a região do ABC e a cidade de Osasco não adotaram o sistema de rodízio neste ano.

Procurado, o candidato afirmou que confundiu o bairro de Pirituba com o município Santana de Parnaíba (SP). "Foi uma confusão de palavras, e não um erro técnico de conhecimento", afirmou. "Não é um erro de digitação na fala, entre aspas, que vai me descredibilizar".

Santana de Parnaíba também não tem rodízio de veículos.

Gafes como a do candidato do Patriota já foram usadas por adversários em eleições na capital paulista. Em 2012, Fernando Haddad (PT) confundiu os bairros Itaim Paulista com Itaim Bibi. O caso foi explorado por rivais na época. O petista venceu aquela eleição.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.