Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/07/2010 - 16h58

Assessor de Lula ironiza vice de Serra e diz que ele é "perturbado"

Publicidade

FÁBIO AMATO
DE BRASÍLIA

O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, ironizou nesta quinta-feira as declarações de Indio da Costa (DEM-RJ), vice na chapa de José Serra (PSDB), que ligou o PT aos guerrilheiros colombianos das Farc, ao narcotráfico, e à facção criminosa carioca Comando Vermelho.

"Qualquer dia nós vamos estar ligados também com os Cavaleiros do Apocalipse", disse Garcia, no Itamaraty, em Brasília.

"Esse sujeito [Indio da Costa] é um pouco perturbado. Ele vai despontar para o anonimato depois da campanha eleitoral. Aí, ele que tente de novo ser vereador no Rio de Janeiro, porque não tem voo para mais asas do que isso", completou Garcia, que chamou o vice de Serra de "personagem insignificante".

Indio da Costa fez as declarações ontem, quando acompanhava Serra em uma visita ao Rio de Janeiro. De acordo com ele, existem indícios de ligação entre do Comando Vermelho com as Farc, a quem ele havia relacionado o PT.

"A gente vive aqui no Rio de Janeiro, no meio de uma guerrilha urbana alucinada por conta do narcotráfico. Veja só: PT e as Farc. As Farc e o narcotráfico. O narcotráfico e o Rio de Janeiro, o Comando Vermelho, com indícios muito claros de relacionamento. Agora ela [Dilma] tem que dizer o que ela acha. Se ela acha que tem problema ou não essa relação."

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Voltar ao topo da página