Descrição de chapéu Seminário Moradia

Instituto Escolhas e Folha realizam seminário sobre moradia e expansão das metrópoles

Evento acontece no dia 22 de janeiro em São Paulo

Casa do projeto Minha Casa Minha Vida, no residencial José Olympio Gonçalves, em Catanduva, interior do estado de São Paulo - Eduardo Anizelli/Folhapress
 
São Paulo

​O Instituto Escolhas e a Folha promovem, no dia 22 de janeiro, o seminário Moradia e Expansão das Metrópoles Brasileiras, em parceria com o Centro de Política e Economia do Setor Público da Fundação Getúlio Vargas e com apoio da Fundação Tide Setubal.

Serão apresentados no evento os resultados de um estudo que analisa o desempenho do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e a expansão das metrópoles brasileiras.

Lançado em 2009, o Minha Casa Minha Vida construiu, em sete anos, 4,4 milhões de unidades habitacionais, com investimentos de cerca de US$ 100 bilhões (quase R$ 400 bi). Foram beneficiadas aproximadamente 20 milhões de pessoas.

Com base nos dados do trabalho, especialistas discutirão, em duas mesas, o impacto do MCMV nas regiões metropolitanas, a contribuição das políticas públicas para o adensamento das cidades e a melhoria da qualidade de vida dos beneficiários.

Ainda durante o seminário, será lançada a plataforma interativa #Quantoé? Morar Longe, que permite a qualquer cidadão avaliar o custo e a qualidade de um empreendimento habitacional a partir de sua localização.

O evento acontecerá a partir das 8h30 no salão nobre da Fundação Getúlio Vargas (rua Itapeva, 432), em São Paulo. É possível se inscrever gratuitamente no site da fundação.

 

Seminário  Moradia e Expansão das Metrópoles Brasileiras

Dia 22 de janeiro (terça-feira)

Credenciamento e café de boas-vindas

Horário: 8h30 às 9h


Abertura

Horário: 9h às 9h10

Participantes: Ciro Biderman, professor do mestrado e doutorado em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas; Maria Alice Setubal, presidente do conselho de administração da Fundação Tide Setubal; Sergio Leitão, diretor executivo do Instituto Escolhas; Murilo Bussab, diretor de circulação e marketing da Folha


Apresentação dos resultados

Horário: 9h10 às 9h40

Participantes: Ciro Biderman, professor do mestrado e doutorado em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas; Martha Hiromoto, pesquisadora de política e economia do setor público da Fundação Getúlio Vargas


O impacto do programa Minha Casa Minha Vida nas regiões metropolitanas brasileiras 

Horário: 9h40 às 10h40

Participantes: Paula Galeano, superintendente executiva da Fundação Tide Setubal; Ciro Biderman, professor do mestrado e doutorado em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas; Eduardo Zylberstajn, pesquisador da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe); Luciana Royer, professora do grupo de disciplinas de planejamento urbano da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP; Renato Lomonaco, responsável pela área econômica da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias)


Apresentação da plataforma #Quantocusta? Morar Longe

Horário: 10h40 às 11h

Participantes: Natália Nunes, coordenadora científica do Instituto Escolhas;  Frederico Roman Ramos, professor da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas; Ricardo Campante Cardoso Vale, pesquisador de economia do meio-ambiente e urbana no Instituto Nelson da Universidade de Winsconsin-Madison


É possível adensar as grandes metrópoles brasileiras? 

Horário: 11h às 12h​

Participantes: Sergio Leitão, diretor executivo do Instituto Escolhas; Philip Yang, fundador do Urbem (Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole); Bruno Araújo, ex-ministro das Cidades (2016-17); Tatiane Menezes, professora associada do departamento de Economia da Universidade Federal de Pernambuco

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.