Governo de MT discute em fórum mudanças propostas no Código Florestal

Evento, que tem entrada gratuita, será no dia 26 de agosto

São Paulo

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), participará do 3º Fórum de Agronegócio Sustentável na próxima segunda-feira (26), em São Paulo. 

Em meio à crise ambiental instaurada nesta semana, o estado é o mais afetado por incêndios no país, com 13.682 ocorrências nos últimos sete anos. As queimadas ali aumentaram 87% em relação a 2018, ainda que nos anos anteriores tivessem diminuído.

No seminário, promovido pela Folha, Mendes debaterá tema correlato: as mudanças propostas pelo presidente Jair Bolsonaro no Código Florestal. 

Em maio deste ano, uma medida provisória, a 867, proposta pelo governo passou na Câmara e perdeu a validade no Senado. Mas ela deverá ser pautada nos próximos meses. 

A reedição da MP é polêmica. Isso porque o governo não pode mandar o mesmo texto para o Legislativo depois de este ter sido rejeitado pelos parlamentares.

O entendimento do governo Bolsonaro, porém, é que, como o texto foi editado na gestão Temer, o texto poderia ser refeito. 

A MP alterava a referência temporal de proporção de restauração de área desmatada de determinados biomas e prorrogar o prazo de adesão dos produtores ao Programa de Regularização Ambiental.

Participarão da mesa com o governador Ana Maria Nusdeo, professora de direito ambiental da USP, Luís Fernando Guedes Pinto, engenheiro agrônomo do Imaflora, e Pedro de Camargo Neto, vice-presidente da Sociedade Rural Brasileira. 

O evento é gratuito e contará com duas outras mesas, uma sobre o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia e outra sobre a concessão de registros a quase 300 agrotóxicos neste ano.

O seminário será no auditório do jornal (al. Barão de Limeira, 425, 9º andar - Campos Elíseos). É possível se inscrever pelo site Folha Eventos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.