Publicidade

grande são paulo

Templos budistas convidam ao silêncio perto de São Paulo

Silêncio, área verde e atividades ligadas à meditação são alguns dos motivos que levam moradores da capital e da região metropolitana a visitar templos budistas instalados nos municípios vizinhos da capital.

Em Itapecerica da Serra, a 34 quilômetros de São Paulo, um terreno amplo, com 13 mil metros quadrados, reúne duas construções que seguem o estilo arquitetônico japonês. O espaço batizado de Vale dos Templos ainda tem um lago com carpas e cerejeiras.

A primeira edificação da área, o Kinkaku-ji é uma réplica do templo homônimo erguido na cidade de Quioto, no Japão. O nome significa "templo do pavilhão dourado", isso porque a estrutura original tem paredes folheadas a ouro. A versão brasileira, que foi inaugurada em 1976, exibe revestimento de cedro com pintura dourada.

Cercado por área verde, o espaço funciona como templo ecumênico, recebendo visitantes que pagam uma taxa de R$ 5 para entrar. No mesmo local, mas com entrada própria, o templo Enkoji, aberto em 2001, segue fiel aos princípios do zen budismo, mesmo após a morte de seu fundador, o reverendo Tensho Ohata, em abril último.

Desde então, seu sucessor, o monge Luiz Carlos Rusilo, 49, assumiu as cerimônias. "Aqui simplificamos a etiqueta, permitindo, por exemplo, que os visitantes venham de bermuda e parte da cerimônia seja feita em português", explica Rusilo.

Se em Itapecerica da Serra o Enkoji segue a tradição japonesa do budismo, na cidade de Cotia, 31 quilômetros de São Paulo, o templo Odsal Ling é orientado pela escola tibetana, ou Vajraiana.

Aberta em 2008, a construção com telhados pontiagudos e fachada alaranjada tem interior multicolorido, decorado por pintores e escultores do Tibete e do Butão.

Todos os sábados e domingos, o local funciona entre 10h e 16h, com tours guiados e gratuitos. A proposta é contar aos visitantes sobre a história do templo e sobre os preceitos budistas.

Também no município de Cotia está localizado um dos mais conhecidos espaços budistas no Brasil, o Zu Lai, que recebe cerca de 35 mil visitantes todos os anos. Criado pelo mestre Hsing Yün e fiel à tradição chinesa do budismo, o Zu Lai foi fundado em 1993, mas ganhou uma nova e ampla edificação há 14 anos.

Idealizada por um conjunto de arquitetos taiwaneses, japoneses e brasileiros, a construção de 10 mil metros quadrados é cercada por uma extensa área verde.

Como um dos mais estruturados templos para receber visitantes, o Zu Lai disponibiliza estacionamento gratuito e, quem quiser passar o dia por lá, pode almoçar no refeitório, que oferece refeições vegetarianas com receitas que mesclam influências chinesas e brasileiras ao preço fixo de R$ 30 por pessoa.

Outro município da região metropolitana é endereço de pelo menos dois templos. Trata-se de Diadema, a 21 quilômetros da capital.

Criado inicialmente na Vila Gumercindo, região sul de São Paulo, o Jogan Ji Fudô Myo está instalado em Diadema há mais de cinco décadas. O imóvel construído especialmente para abrigar as cerimônias tem telhado típico, erguido por um profissional vindo especialmente do Japão para o projeto.

A monja Myôsei, filha da fundadora, comanda as celebrações no local há 40 anos e recebe interessados em aprender mais sobre o tendai, escola japonesa do budismo.

Ainda em Diadema, o templo Kannon, aberto em 1951 pelo monge japonês Kanjun Nomura (1906-1979), não está funcionando regularmente por causa de uma reforma, mas continua recebendo visitantes nos fins de semana.

Confira os horários de funcionamento e a programação no site de cada instituição ou pelo telefone.

SERVIÇO

ENKOJI E KINKAKU-JI
ONDE rua Camarão, 220, Chácara das Palmeiras, Itapecerica da Serra
CONTATO tel. 97093-2499; temploenkoji.org.br

ODSAL LING
ONDE rua dos Agrimensores, 1461, Cotia
CONTATO tel. 4703-4099; odsalling.org

ZU LAI
ONDE estrada Fernando Nobre, 1461, Cotia (acesso pelo km 28,5 da rodovia Raposo Tavares
CONTATO tel. 3500-3600; templozulai.org.br

KANNON
ONDE rua Monge Kanjun Nomura, 50, Jardim Padre Anchieta, Diadema
CONTATO tel. 4076-2905; templokannon.com.br

JOGAN JI FUDÔ MYÔ
ONDE rua Charles Gomes de França, 211, Vila Guacuri, Diadema
CONTATO tel. 4056-1719

Publicidade
Publicidade
Publicidade