Conheça as tecnologias que permitem controlar os ambientes de casa pelo celular

Sensores alertam quando a janela foi aberta e até quando a planta precisa de água

 A lâmpada inteligente Hue, da Philips, pode ser controlada via assistente virtual
A lâmpada inteligente Hue, da Philips, pode ser controlada via assistente virtual - Divulgação
Flávia G Pinho
São Paulo

Uma casa em que os equipamentos são capazes de conversar com seus moradores, executar ordens e resolver problemas à distância. A automação está cada vez mais acessível aos lares brasileiros e a tendência é que se popularize mais.

O consultor em transformação digital Dalton Oliveira, da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), explica que já é possível conectar vários eletrônicos à internet e acompanhar à distância o que acontece dentro de casa.

Sensores também podem ser instalados em janelas e portas para alertar o dono se foram abertas e até em vasos de plantas para indicar se a terra está seca. Todas as informações são transmitidas pela internet para o celular, tablet ou "smart watch".

“Monitoro de longe tudo o que acontece através do meu 'smart watch' e, usando assistente virtual com comando de voz, ligo e desligo eletrodomésticos pelo celular. Sou avisado quando alguém toca minha campainha, quando a máquina de lavar encerrou o ciclo ou quando os vasos precisam ser regados”, conta Oliveira, que transformou seu apartamento na Mooca, zona leste de São Paulo, em um campo de testes de automação.

A mesma tecnologia, segundo ele, permite criar cenários customizados. Um comando "noite de pizza", por exemplo, pode ajustar o ar condicionado, tocar uma lista de músicas pré-determinada e até ligar para a pizzaria.

Veja a seguir quatro tecnologias já disponíveis no mercado brasileiro e uma ainda sem prazo para chegar:

 

Assistente virtual

Como funciona: aplicativo com comando de voz, instalado gratuitamente no smartphone, executa ordens como tocar músicas, responder perguntas, ler notícias e controlar equipamentos. Também funciona através um dispositivo à parte, o smart speaker.

Quanto custa: a partir de R$ 300

Película inteligente elétrica

Como funciona: através de um dímer ou pelo smartphone, faz os vidros ficarem opacos ou transparentes

Quanto custa: R$ 1.640 o metro quadrado, em média (instalada)

Aspirador central

Como funciona: uma central de aspiração suga as partículas através de bocais espalhados pelos ambientes. É preciso conectar uma mangueira ao bocal ou varrer a sujeira até ele.

Quanto custa: a partir de R$ 6.500 para um apartamento de dois dormitórios (instalado)

Ar-condicionado inteligente

Como funciona: vem de fábrica com conectividade e pode ser acionado através de assistente virtual, inclusive à distância

Quanto custa: a partir de R$ 1.800

Iluminação inteligente

Como funciona: permite controlar a luzes do ambiente através do assistente virtual (disponível somente para sistema Apple)

Quanto custa: R$ 380 o hub central, R$ 400 cada lâmpada

O que ainda deve chegar por aqui:

Geladeira conectada

Como deve funcionar: será capaz de reconhecer produtos que estão em falta e enviar notificações para o morador, ou fazer o pedido diretamente ao site de compras da rede de supermercados

Fontes: Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside); Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc); Exclusif e HBrasil Aspiração Central.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.