Com vista para o parque Ibirapuera, Márcio França cozinha para filhos e netos em apartamento

Candidato sai no bairro, a Vila Mariana, para cortar o cabelo, comer, ir à banca de jornal e passear com o cachorro Tabule

São Paulo

O candidato Márcio França (PSB) mora há apenas um ano na Vila Mariana, zona sul da cidade, mas sente que já é reconhecido na região —onde sai para cortar o cabelo, comer, ir à banca de jornal e passear com o cachorro Tabule.

O candidato à prefeitura Márcio França com seu cachorro, Tabule
O candidato à prefeitura Márcio França com seu cachorro, Tabule - Eduardo Knapp/Folhapress

"Aqui tem lugares supertransados", diz França, mencionando endereços que costuma frequentar nos arredores. Um deles é a tradicional choperia Jabuti, especializada em frutos do mar.

Antes, morou no Itaim Bibi (onde "tem um monte de gente bonita, mas parece que está todo mundo de passagem") e no Morumbi, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista e residência oficial do governador —cargo que ocupou em 2018, depois da renúncia de Geraldo Alckmin.

Na Vila Mariana, um bairro mais "família", o candidato divide com a mulher, Lúcia França, 58, que o acompanha há 40 anos, um apartamento de 108 m² com vista para o parque Ibirapuera e o Instituto Biológico.

Os dois filhos e dois netos costumam fazer visitas. Tanto que o terceiro quarto —os dois primeiros são do casal e de hóspedes—, virou espaço de brincar das crianças.

Lúcia, figura central da campanha, foi a responsável pela decoração da casa, que tem na sala uma grande mesa em que a família se reúne. De ascendência libanesa, ela prepara quibe, coalhada e mjadra (arroz, lentilha e cebola).

Mesmo que seja "zero metódico", o marido é quem faz as compras no mercado e prepara refeições quando possível.
Frutos do mar são a especialidade dele. França até já ensinou o passo a passo da casquinha de siri no programa de Ronnie Von, "Todo Seu" (TV Gazeta), mas a receita favorita é o caranguejo cozido com cerveja, cebola, tomate e salsinha. "A gente senta às 11h e às 20h ainda está todo mundo fazendo 'toc, toc, toc' com um martelo", diz Lúcia.

O candidato também costuma cozinhar para a mãe, que mora sozinha em Santos, cidade do litoral paulista onde ele nasceu, e enviar a ela comida separada em potinhos.

Fã de filmes e séries, ele diz que segue de perto a crise pela qual passa a Cinemateca Brasileira, que fica na vizinhança.

"Acho o cúmulo deixar lá toda a cinegrafia do Brasil guardada, pronta para pegar fogo." Ele afirma que, caso seja eleito, vai reabri-la assim que tomar posse. "Vou falar: 'Bolsonaro, daqui para a frente você esquece, vou tomar conta e resolver financeiramente'. Ele vai amar."

*

MÁRCIO FRANÇA, 57
FILIAÇÃO PSB
INTENÇÃO DE VOTO 10%*
CIDADE NATAL Santos (SP)
BAIRRO ATUAL Vila Mariana
VIVE COM A mulher, Lúcia, 58
ESTRUTURA Apartamento com três quartos, quatro banheiros, sala, cozinha e varanda
TAMANHO 108 m²
HÁ QUANTO TEMPO MORA NO LOCAL 1 ano
CONDIÇÃO DO IMÓVEL Alugado (cerca de R$ 3.000/mês)
BAIRROS ONDE JÁ VIVEU Morumbi e Itaim Bibi
ANIMAL DE ESTIMAÇÃO Tabule, cachorro da raça schnauzer

*Segundo pesquisa Datafolha que ouviu 1.204 eleitores paulistanos em 20 e 21 de outubro. A pesquisa foi feita em parceria com a TV Globo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.